Plano de Mobilidade Urbana é pauta de audiência pública em Santa Bárbara

Projeto é coordenado por professor do Departamento de Engenharia de Transportes e Geotecnia da Escola de Engenharia da UFMG

Plano de Mobilidade Urbana é pauta de audiência pública em Santa Bárbara
Plano de Mobilidade Urbana será desenvolvido em consonância com a ONU

A Prefeitura de Santa Bárbara convoca toda a população para discutir o Plano de Mobilidade Urbana, em audiência pública a ser realizada no próximo dia 11. Conforme informado pelo Executivo, o objetivo da discussão e posterior implantação do plano é assegurar a capacidade de deslocamento das pessoas, bem como de bens, garantindo esse direito básico da população que vive na cidade. A audiência terá início às 19h, no Memorial Affonso Penna.

Esta é a primeira audiência sobre o assunto. Entre os temas em pauta, estão assuntos como a organização do espaço urbano, no que versa sobre o trânsito, os transportes e a circulação de pessoas. A partir daí, serão executadas uma série de ações, como levantamento planialtimétrico do Sistema Viário Urbano e mapeamento das principais vias de acesso do município; capacitação; levantamentos e diagnóstico técnicos; e análise de leitura comunitária; até chegar no desenvolvimento do Plano. Após esta fase, acontece a audiência pública de apresentação e depois é feito o relatório final e criado o projeto de lei.

Espírito Santo como laboratório

O conteúdo continua após o anúncio

A Secretaria de Educação do Espírito Santo serve de laboratório para desenvolvimento do projeto. Eventuais visitas técnicas estão contempladas e deverão ser realizadas ao Estado, ao longo da realização do Plano de Mobilidade Urbana de Santa Bárbara. O projeto é coordenado pelo professor Nilson Tadeu Ramos Nunes, do Departamento de Engenharia de Transportes e Geotecnia (ETG), da Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ele tem em sua equipe mais cinco docentes/pesquisadores da Universidade, além de alunos de pós-graduação e graduação.

Saiba mais sobre o projeto

O desenvolvimento deste projeto também está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável(ODS) da ONU, mais precisamente ao de número de 11, que versa sobre Cidades e Comunidades Sustentáveis. O ODS em questão trata da urbanização inclusiva e sustentável e do acesso e da expansão dos transportes públicos, atendendo as necessidades de todos os usuários.

Cotidiano/

MAIS NOTÍCIAS