PM prende homem que “fez graça” com placa em frente a bar em São Gonçalo

Ao fim do simulado de evacuação de moradores realizado em São Gonçalo do Rio Abaixo na tarde desta quarta-feira, 3, o comandante da 57ª Companhia da Polícia Militar, capitão Edinilson Emerique Caldeira, informou que prendeu pela manhã um homem fotografado com uma das placas de sinalização em frente a um bar na cidade. A imagem […]

PM prende homem que “fez graça” com placa em frente a bar em São Gonçalo
PM prendeu homem que viralizou em foto nas redes sociais

Ao fim do simulado de evacuação de moradores realizado em São Gonçalo do Rio Abaixo na tarde desta quarta-feira, 3, o comandante da 57ª Companhia da Polícia Militar, capitão Edinilson Emerique Caldeira, informou que prendeu pela manhã um homem fotografado com uma das placas de sinalização em frente a um bar na cidade. A imagem viralizou nas redes sociais.

A foto foi feita em frente a um bar na rua Rio Grande do Sul, no bairro Patrimônio. O militar informou que o homem foi identificado durante as reuniões preparatórias para o simulado. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde prestaria esclarecimentos às autoridades.

“Conseguimos fazer a identificação deste cidadão que aparece com a placa de rota de fuga. Ele terá que esclarecer o que o motivo a pegar aquela placa e fazer essa divulgação nas redes sociais”, comentou o comandante da PM local.

Denúncia

O vandalismo em placas de sinalização do plano de emergência de barragens foi denunciado pela Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo na última segunda-feira (1º). Além da foto do homem em frente a um bar, também circula nas redes sociais outra imagem, com duas placas no mesmo ponto indicando sentidos diferentes.

A Prefeitura registrou dois boletins de ocorrência para informar o ocorrido às autoridades policiais. O temor era de que as ações de vandalismo atrapalhassem o simulado desta quarta, o que acabou não acontecendo. O treinamento foi considerado um sucesso, com intensa participação da comunidade.

Apesar disso, o coordenador-adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, tenente-coronel Flávio Godinho, criticou as ações de vandalismo nas placas. “Quem fez isso, cometeu uma desinformação à comunidade. Eu acredito que não deva nem morar em São Gonçalo, porque as pessoas daqui são muito acolhedoras e educadas. De toda forma, a PM agiu bem. Agora esta pessoa terá que explicar qual a intenção dela em alterar informações que podem salvar vidas de pessoas”, disse.