Polícia Militar encontra menino de 11 anos acorrentado a uma cama

A criança contou à polícia que não foi a primeira vez que ela foi presa por uma corrente

Polícia Militar encontra menino de 11 anos acorrentado a uma cama
Foto: Reprodução/Whatsapp

Um menino de 11 anos foi encontrado acorrentado, pelo tornozelo esquerdo, na lateral de uma cama na manhã desta quinta-feira (19), dentro de uma casa do bairro Rio de Janeiro em Uberaba, no Triângulo Mineiro.

A mãe, de 27 anos, e o padrasto, de 29, foram detidos e, em seguida, o Conselho Tutelar foi acionado para prestar todo apoio necessário à vítima. Segundo a PM, e ocorrência foi descoberta após denúncia anônima, através do número 181.

Ainda conforme a PM, a corrente que prendia a criança estava trancada com um cadeado e, ao lado dela, havia uma mesa com algumas frutas e uma garrafa de água. Além disso, embaixo de uma mesa os militares encontraram um balde que, de acordo com a vítima, era usado para suas necessidades fisiológicas. Os militares contaram com apoio de vizinhos para retirar a corrente que prendia a criança junto à cama.

O conteúdo continua após o anúncio

O menino contou à PM que não foi a primeira vez que ele foi preso com uma corrente, sendo que no último dia 17 teria conseguido se soltar, porque a corrente estava mais larga em seu tornozelo.

De acordo com a PM, a mãe, que foi presa dentro da residência usada como cativeiro, contou aos militares que usava a corrente e o cadeado para prender a criança enquanto saía para trabalhar com o companheiro, já que seu filho é desobediente. Ela disse que precisa passar parte do dia fora de casa e que, por isso, faz uso do material para prendê-la.

+ Leia a matéria completa no Estado de Minas

MAIS NOTÍCIAS