Por que tantos voos estão sendo cancelados nos aeroportos de São Paulo?

As empresas trabalham para regularizar a situação

Por que tantos voos estão sendo cancelados nos aeroportos de São Paulo?
Aeroportos lotados em São Paulo. Foto: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Diversos voos foram cancelados em aeroportos de São Paulo, na manhã desta segunda (10), devido ao aumento de casos de Covid-19 e influenza. Os cancelamentos estão acontecendo porque vários colaboradores das companhias áreas estão infectados pelos vírus. Isso está impactando diretamente nos serviços das empresas aéreas.

Em Guarulhos, no aeroporto internacional, cinco voos nacionais deverão ser remarcados. Já em Congonhas, serão 19. A empresa aérea Latam cancelou 52 voos nos aeroportos de São Paulo. Serão, ao todo, 121 voos cancelados até o dia 16 de janeiro.

Segundo a companhia, os passageiros que tiveram o voo alterado poderão remarcar a viagem sem multa e diferença tarifária. Ou também podem optar por pedir o reembolso da passagem sem multa. A empresa lamentou o imprevisto e pediu para que os clientes verifiquem o status do voo antes de se dirigir ao aeroporto.

A empresa aérea Azul também sofreu com o aumento dos casos entre os funcionários. No Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foram cancelados 29 voos no sábado (8).

Por outro lado, a Gol informou por nota que “houve nos últimos dias um aumento dos casos positivos entre colaboradores, mas nenhum voo foi cancelado ou sofreu alteração significativa por este motivo. Os funcionários que apresentam resultado positivo estão sendo afastados das funções para se recuperarem em casa com segurança”.

MAIS NOTÍCIAS