Prefeitura atende população de forma restrita em Monlevade; é necessário um cartão para entrada

Novidade está vigorando após o decreto

Prefeitura atende população de forma restrita em Monlevade; é necessário um cartão para entrada
Foto: Luciano Vidal/DeFato Online

Seguindo os protocolos estabelecidos pelo decreto nº 01 de 2021, a Prefeitura de João Monlevade está atendendo de forma restrita à população em sua sede, na rua Geraldo Miranda, nº 337, no bairro Carneirinhos. O atendimento ocorre no horário normal de 7h às 11h e de 13h às 17h.

Porém o acesso às dependências da Prefeitura é limitado a uma pessoa por setor. Um cartão é entregue ao cidadão, quando ele adentra o prédio. Ao sair do local é devolvido, permitindo que outra pessoa possa entrar no setor.

Atenção

A medida tem como objetivo cumprir o decreto da própria Prefeitura, publicado no dia 6 de janeiro, que instituiu novos horários de funcionamento das atividades não essenciais e estabeleceu uma série de medidas para evitar aglomerações e evitar a propagação do coronavírus em João Monlevade.

O conteúdo continua após o anúncio

Apelo urgente 

O prefeito Laércio Ribeiro (PT) em companhia do vice, Fabrício Lopes (Avante), fizeram um vídeo de apelo à população monlevadense na manhã desta terça-feira (12). Segundo os líderes do Executivo, a participação de todos têm que ser imediata para a cidade não fechar o comércio. Além disso, Laércio destacou que as vagas que estão abrindo no Hospital Margarida são de pessoas que estão morrendo no município. João Monlevade já registra 51 óbitos confirmados até o momento.

Denúncia

A Prefeitura lançou na tarde dessa segunda-feira (11) um número para receber denúncias de pessoas que estejam descumprindo o decreto. O contato é através do número 98699-0874. Pessoas que estejam fazendo festas clandestinas, comércio funcionando de forma irregular, entre outras atitudes aversas ao decreto podem ser denunciadas de forma anônima. O Executivo ainda ressalta que a luta é de todos no combate à pandemia.

MAIS NOTÍCIAS