Prefeitura de BH reforça ações para população em situação de rua no período de frio

Belo Horizonte pode bater recorde de frio no mês de maio, que foi de 7,5ºC registrado em 1977

Prefeitura de BH reforça ações para população em situação de rua no período de frio
Prefeitura tem trabalho para acolher população em situação de rua – Foto: Arquivo/DeFato

Com a previsão da chegada de uma onda de frio ao município nesta semana, a Prefeitura de Belo Horizonte reforçou estratégias de proteção da população em situação de rua, uma das mais afetadas pelas baixas temperaturas. No período, será adotado um plano de contingência, utilizando a estrutura do Centro de Operações (COP) do município.

As equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social, Consultório na Rua e BH de Mãos Dadas, que atuam nas nove regionais do município, intensificarão a sensibilização e orientações quanto à proteção dos usuários em dias de temperaturas mais baixas, especialmente no período noturno. As equipes da Abordagem Social reforçarão a atuação no encaminhamento para as unidades de acolhimento e entrega de cobertores.

Nas unidades de acolhimento, foi criado um monitoramento especial de ocupação das vagas e, se necessário, será realizada a ampliação emergencial dentro das estruturas já existentes. Caso a ocupação chegue à totalidade, serão utilizadas as estruturas de hospedagens parceiras, preparadas para o acolhimento humanizado desta população. Atualmente, o município conta com 600 vagas diárias de acolhimento na modalidade casa de passagem com oferta de alimentação, higienização, guarda de pertences e pernoite.

Segundo a Prefeitura de Belo Horizonte, os serviços de saúde já conta agora com um protocolo especial. Caso agentes públicos em campo, de qualquer área, percebam que uma pessoa em situação de rua tenha sinais de hipotermia ou agravos, o encaminhamento à rede de saúde deve ser imediato, por meio das Unidades de Pronto Atendimento (UPA), inclusive com acionamento do SAMU.

Em casos de emergência no período da noite, como um caso de hipotermia, a população de Belo Horizonte também poderá acionar o 153, telefone de plantão do Centro de Operações. Este plantão deve ser utilizado para emergências apenas no período noturno. Para solicitações de atendimento que não são emergenciais, o pedido deve ser realizado no Portal da Prefeitura de Belo Horizonte.

 

MAIS NOTÍCIAS