Prefeitura de Santa Bárbara irá custear 10 bolsas de especialização para servidores

Inscrições podem ser feitas até dia 6 de setembro

Prefeitura de Santa Bárbara irá custear 10 bolsas de especialização para servidores
Servidores públicos de Santa Bárbara podem ter estudos custeados pelo Executivo

A Prefeitura de Santa Bárbara abriu inscrições para o Programa Bolsa de Estudos para Especialistas. O programa é voltado exclusivamente para servidores municipais e consiste no custeio de 10 bolsas de especialização. Os interessados podem se inscrever até a próxima sexta-feira, 6 de setembro, na Divisão de Gestão de Pessoas, localizada na sede do Executivo.

Das 10 vagas ofertadas, oito são para conhecimentos em Governança e duas para Inovação. No primeiro quesito englobam-se os seguintes cursos: Compliance, Gestão de Riscos ou Governança Corporativa, Auditoria e Controladoria, Auditoria Governamental, Gestão Pública e Direito Público. Já no quesito Inovação destacam-se Engenharia de Software, Programação, Banco de Dados, Inteligência Computacional, Ciência de Dados e Big Data,
Administração de Redes; Segurança da Informação; Gestão de Infraestrutura de TI, Engenharia de Dados ou Sistemas Embarcados e Sistemas Digitais, Neuroeducação, Design Thinking e Inovação, Robótica Educacional, Inteligência Artificial e Tecnologia Educacional.

Cursos com nomenclaturas diferentes poderão ser aceitos, desde que seja comprovada similaridade na grade curricular. Importante destacar que as bolsas contemplam cursos de pós-graduação, especialização, mestrado ou doutorado.

Bolsas de R$500,00 e R$1.500,00

||
Intenção é valorizar os servidores públicos da Prefeitura de Santa Bárbara – Foto: Arquivo/DeFato Online

Conforme edital, as bolsas são para pagamento exclusivo da mensalidade, não sendo possível ser utilizada para matrícula e rematrícula nos cursos. Os valores são de R$500,00 para auxílio na pós graduação e/ou especialização pelo período máximo de 20 meses. Já para os que forem selecionado para mestrado ou doutorado, o auxílio é de R$1.500,00 pelo prazo máximo de 24 meses.

Para fazer jus ao reembolso, o servidor deverá estar em efetivo exercício em órgãos da administração pública municipal e frequentar o curso fora do horário de trabalho, ressalvada a hipótese de licença especial previsto no Estatuto dos Servidores Públicos Municipais.

A listagem dos servidores selecionados para a bolsa será divulgada até dia 13 de setembro. Para mais informações, clique aqui e confira o edital na íntegra.