Projeto social “FoFa” incentiva futebol feminino em São Domingos do Prata; conheça

O idealizador do projeto, prof. Mário, acredita que existem inúmeros talentos espalhados por todo o Brasil, só esperando uma oportunidade para serem reconhecidos.

Projeto social “FoFa” incentiva futebol feminino em São Domingos do Prata; conheça
Foto: Divulgação FoFa

Em 2019, quando foi realizada a Copa do Mundo de futebol feminino na França, os diversos canais de comunicação, incluindo televisão, rádio e, principalmente, a internet, deram grande visibilidade para as mulheres. Foi a primeira vez que estádios ficaram cheios de torcedores e torcedoras. Segundo relatório da FIFA, mais de 1 milhão de pessoas assistiram presencialmente as partidas e quase 300 milhões de Euros foram injetados na economia daquele país. A repercussão foi global e o merecido lugar de destaque foi conquistado para elas. Foi um sucesso absoluto.

E hoje, todos os principais times de futebol profissional, possuem uma equipe feminina. Inclusive, essa é uma determinação da CBF – Confederação Brasileira de Futebol, para que todos os clubes tenham times masculinos e femininos. Felizmente, agora, essa é apenas uma das muitas conquistas que estão por vir para o público feminino.

Início de um sonho

Para a implantação do futebol feminino, inicialmente, foi escolhida a cidade de São Domingos do Prata para montar o time de futebol, visando fomentar a formação de jovens meninas para a prática desportiva. O idealizador do projeto, prof. Mário, acredita que existem inúmeros talentos espalhados por todo o Brasil, só esperando uma oportunidade para serem reconhecidos. E que mulheres e homens devem competir em igualdade profissional em qualquer área de trabalho. Para ele, é preciso criar instrumentos viáveis para que o empoderamento feminino se concretize verdadeiramente.

E sabendo que os grandes times necessitarão de atletas para comporem seus quadros, sua ideia é que haja um estímulo para jovens meninas em todos os cantos do Brasil, oferecendo uma oportunidade de serem acolhidas e orientadas para que um outro futuro se vislumbre para elas, para sua família e para toda a comunidade envolvida. Desta forma, um projeto foi encaminhado para a Fundação Renova que aceitou patrocina-lo por meio do edital Doce, como forma de compensação pelo terrível desastre do rompimento da barragem de Mariana.

Foto: Projeto FoFa

Em campo

E com a flexibilidade dos protocolos sanitários em razão do Covid-19, as ações propostas já estão sendo colocadas em execução. As atividades desportivas previstas, tais como, condicionamento físico, treinamento técnico e tático, estão sendo realizadas duas vezes por semana nas instalações do Centro Esportivo Pratiano – CENESP e conta com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Divisão de Esporte e Lazer, sob o comando do Senhor Ronaldo Marques Coelho e sua equipe, Francismara, Marcelina e Marcos.

Francismara, Ronaldo, Mário Braga são membros fundamentais na execução do projeto

O projeto Futebol Feminino Amador ou, simplesmente, FoFa, foi concebido para a prática do esporte em campo gramado oficial, pois um dos seus objetivos é a formação de atletas para ascenderem aos quadros profissionais dos grandes times do Brasil e até do exterior.

Seu início se deu no mês de setembro e já atraiu algumas meninas. Na foto abaixo estão, por ordem alfabética, Adriele, Annarelly, Camila, Deidilaine, Júnia, Karine, Larissa, Laura, Marcella, Mariana, Cida, Raiaira, Sueli, Thaís e Vanusa.

Time feminino já conta com material próprio Fonte: Projeto FoFa

“Temos recursos, materiais e financeiros, para mantê-lo funcionando por algum tempo, mas precisamos de mais patrocinadores para não deixar que o projeto pare. Certamente, é um ótimo investimento para qualquer empresa, ter sua marca associada a um projeto com tais características. O Futebol feminino está em ascensão e estamos falando de dignidade humana e igualdade de trabalho para as mulheres. Esse é, seguramente, um dos melhores projetos sociais para toda a mesorregião do Médio Piracicaba”, destaca Mário.

Treinador destaca a importância de investimentos para a continuação do projeto.

MAIS NOTÍCIAS