Projetos de Lei que são promessas de campanha da prefeita ficam para o segundo semestre em Monlevade

A prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB), terá que aguardar o retorno dos vereadores de João Monlevade, no segundo semestre, para saber se seus projetos de Lei, que são promessas de campanha, serão aprovados. Isto porque hoje, 17, é a última reunião ordinária do primeiro semestre e os projetos que tratam da criação […]

Projetos de Lei que são promessas de campanha da prefeita ficam para o segundo semestre em Monlevade
neste semestre – Foto: Cíntia Araújo/DeFato Online

A prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB), terá que aguardar o retorno dos vereadores de João Monlevade, no segundo semestre, para saber se seus projetos de Lei, que são promessas de campanha, serão aprovados. Isto porque hoje, 17, é a última reunião ordinária do primeiro semestre e os projetos que tratam da criação da Guarda Municipal e da isenção da taxa mínima de água não serão pautados.

Conforme informações da assessoria de Comunicação do Legislativo monlevadense, hoje estão pautados o projeto do vereador Vanderlei Miranda (PR), que cria o Dia Municipal do Terço dos Homens e o que se refere à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Mesmo Simone pedindo urgência na aprovação das matérias citadas, o presidente da Câmara de João Monlevade, Leles Pontes (PRB) declarou que não pretende convocar uma reunião extraordinária para votação das demais propostas. “Vamos respeitar os trâmites junto às comissões permanentes da Câmara”, disse.