Punição branda a veterinário por morte de cadela revolta dono

Tutores de animais vítimas de Marcelo Dayrell e Francielle Fernanda vão recorrer ao Conselho Federal de Medicina Veterinária pela cassação do registro do casal

Punição branda a veterinário por morte de cadela revolta dono
David Barreto com a beagle Malu, que passou por cirurgia não autorizada na Clínica Animed (Foto: Arquivo pessoal)

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais (CRMV-MG) decidiu, na manhã desta terça-feira (18), punir o médico veterinário Marcelo Simões Dayrell, no caso da morte da cadela Malu, ocorrida em 2019. O conselho aplicou pena de censura pública e multa de R$ 2,4 mil ao veterinário, dono da Clínica Animed, de Nova Lima, fechada pela polícia naquele ano.

A decisão dos conselheiros deixou o tutor do animal, o médico David Barreto, inconformado. Além dele, outro tutor e protetores da causa animal afirmam que vão recorrer ao Conselho Federal de Medicina Veterinária pela cassação do registo do médico veterinário.

+ Leia a matéria completa no Estado de Minas

MAIS NOTÍCIAS