Ranking DeFato Online – Os cinco momentos mais importantes do futebol brasileiro no fim de semana

Início do Brasileirão e finais de estaduais movimentaram o futebol nacional nos gramados espalhados por todo o país

Ranking DeFato Online – Os cinco momentos mais importantes do futebol brasileiro no fim de semana
Foto: Atlétic-MG/Twitter

Começou o Brasileirão e com ele veio a velha desorganização do futebol brasileiro. Ao todo, foram realizados seis jogos de dez possíveis. Três partidas já haviam sido adiadas por conta das finais de alguns campeonatos estaduais, e outra foi cancelada em cima da hora.

Além disso, dois campeonatos estaduais finalmente conhecerem seus campeões. Se você não teve a chance de acompanhar atento a tudo que rolou ou quer simplesmente recordar os acontecimentos, se liga nesse ranking que a DeFato preparou com os cinco momentos mais importantes do futebol brasileiro no final de semana.

5 – Polêmica de arbitragem em Santos e Bragantino

O que seria do futebol brasileiro sem a nossa confusa arbitragem? Muito melhor, você há de responder. Mas isso parece beeem distante, e o confronto entre Santos e RB Bragantino neste domingo pode ser uma prova.

Em casa, o Peixe vencia por 1 a 0 até os 47 minutos do segundo tempo,mas um gol de Claudinho, depois de uma sobra no escanteio, deixou tudo igual. A reclamação santista é de que o técnico Cuca, que fez sua estréia pelo clube, preparava uma substituição antes do lance, justamente para se defender da bola aérea rival. Porém, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, sem um porquê, não autorizou a mudança.

Após o apito final, técnico e atletas santistas revoltados cercaram a equipe de arbitragem, mas não adiantou muita coisa e o jogo realmente terminou empatado.

Futebol brasileiro
Foto: Santos/Twitter

4 – O título borocoxó do Bahia

Vindo de uma derrota na final da Copa do Nordeste pro Ceará e com o técnico Roger Machado muito pressionado, o Bahia teve uma final de Campeonato Estadual para se reatar com sua torcida. O título veio, mas o empate por 1 a 1 no tempo normal e a vitória nos pênaltis contra o Alagoinhas-BA esteve longe de convencer os torcedores, que protestaram muito nas redes sociais. A permanência de Roger Machado no clube parece cada vez mais insustentável.

O conteúdo continua após o anúncio
Nem o próprio twitter do clube se entusiasmou muito com o título… Foto: Bahia/Twitter

3 – Palmeiras saindo da seca

No sábado, o Palmeiras recebeu, em casa, o arquirrival Corinthians e voltou a conquistar o título paulista depois de 12 anos. A vitória, alcançada nos pênaltis, teve contornos de dramaticidade quando o zagueiro palmeirense Gustavo Gomez cometeu um pênalti no último lance do jogo. Até então, o Verdão vencia por 1 a 0, mas Jô deixou tudo igual.

O fato curioso é que o treinador do Verdão neste ano, Vanderlei Luxemburgo, também havia participado daquela que era, até então, a última conquista de campeonato estadual do Palmeiras, em 2008.

Futebol brasileiro
Foto: Palmeiras/Twitter

2 – Vitória do Galo no Maraca

Flamengo e Atlético-MG prometia ser o jogo mais interessante da esvaziada rodada do Brasileirão, e as expectativas se confirmaram. Após um primeiro tempo ruim, no qual contou com a sorte para sair na frente e não tomar gols, o Galo se arrumou em campo na segunda etapa e neutralizou, com autoridade, o atual campeão brasileiro.

Filipe Luís, lateral esquerdo do badalado elenco flamenguista, fez o gol contra que decidiu a partida deste domingo. Batendo um rival direto na luta pelo título, a equipe de Sampaoli tem pela frente o Corinthians na quarta-feira.

Futebol brasileiro
Foto: Atlético-MG/Twitter

1 – Partida adiada em cima da hora

Goiás e São Paulo se enfrentariam neste domingo, às 16 horas, no estádio da Serrinha, em Goiânia. Porém, 10 jogadores do elenco goiano testaram positivo para a Covid-19 e o jogo teve de ser adiado, por pedido do próprio mandante.

Segundo os envolvidos, o problema principal foi a CBF, entidade máxima do futebol nacional e responsável pela testagem junto ao Laboratório Albert Einstein, ter revelado o resultado dos exames apenas na manhã do domingo. Não havia nenhum plano B caso o número de infectados fosse alto. Além disso, existe uma incerteza quanto às próximas partidas do clube esmeraldino, contra Athlético Paranaense e Palmeiras fora de casa.

Futebol brasileiro
Foto: Goiás/Twitter

MAIS NOTÍCIAS