Risco na mina de Barão de Cocais altera circulação do trem Vitória-Minas

A Vale anunciou na noite desta quarta-feira (15) que a circulação do trem de passageiros Vitória-Minas vai ser alterada por tempo indeterminado já a partir desta quinta-feira (16). Quem parte da estação Belo Horizonte irá embarcar em ônibus alugados pela Vale e conduzido até a Estação Dois Irmãos, em Barão de Cocais, de onde seguirá […]

Risco na mina de Barão de Cocais altera circulação do trem Vitória-Minas

A Vale anunciou na noite desta quarta-feira (15) que a circulação do trem de passageiros Vitória-Minas vai ser alterada por tempo indeterminado já a partir desta quinta-feira (16). Quem parte da estação Belo Horizonte irá embarcar em ônibus alugados pela Vale e conduzido até a Estação Dois Irmãos, em Barão de Cocais, de onde seguirá a viagem por trem. No sentido contrário (Vitória- Belo Horizonte) os passageiros irão desembarcar do trem na Estação Dois Irmãos e seguir por meio rodoviário até o destino final.

Em um comunicado oficial, a Vale informa que a medida segue uma orientação da Agência Nacional de Mineração (ANM) e, segundo a mineradora, busca preservar a segurança das pessoas.

“A alteração é uma medida preventiva, porque o trem circula nas imediações da cava da mina Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG), onde foram identificadas recentemente movimentações no talude Norte da estrutura. A medida segue uma orientação da Agência Nacional de Mineração (ANM), busca preservar a segurança das pessoas e ficará em vigor até que a Vale realize análises de risco mais aprofundadas. A cava e a barragem são monitoradas 24h por dia”, diz o comunicado.

+ Estrutura na mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais, se movimenta 4 cm por dia

A empresa diz ainda que, diante das alterações, é possível que haja atraso na viagem. E adianta que, quem preferir, pode pedir o reembolso do valor investido na compra da passagem. “Para isso, é preciso se dirigir, no prazo de até 30 dias, a qualquer uma das estações localizadas ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas. Mais informações podem ser solicitadas por meio do Alô Ferrovias 0800 285 7000”, informa a Vale.