Rodízio de CPFs: comerciantes se organizam para mudança

Proposta do rodízio dos CPFs, como forma de prevenção à Covid-19, pegou muitos itabiranos de surpresa. A medida vale para todos os estabelecimentos de gêneros alimentícios

Rodízio de CPFs: comerciantes se organizam para mudança
Foto: Arquivo DeFato
O conteúdo continua após o anúncio


Na última terça-feira (12), uma nova medida de enfrentamento à Covid-19, proposta pela Prefeitura de Itabira pegou muitos itabiranos de surpresa. A proposta do rodízio dos CPFs na hora das compras em supermercados, padarias, sacolões e estabelecimentos afins, além de deixar as pessoas preocupadas, exige que os comerciantes se adaptem, urgentemente, à nova realidade.

 

Estabelecida pelo Decreto Nº 0115/202, a nova medida visa garantir maior segurança à população itabirana. Cientes disso, comerciantes da cidade já se atentam às novas necessidades. É o que explica Thiago Mendes, proprietário do Sacolão ABC. “Desde a nossa inauguração, já nos preocupávamos com o fator da pandemia. Então, agora, só alteramos alguns processos e melhoramos outros. Nos adaptamos à nova realidade”, ponderou.

A proprietária do SJ Supermercados, Sinthya Jacome, destacou que tais medidas já haviam sido adotadas pela rede em Barão de Cocais. O que facilita durante a adesão em Itabira.

O conteúdo continua após o anúncio

“Todas as medidas solicitadas pelo Ministério da Saúde, prefeituras e demais agências sanitárias estão sendo rigorosamente cumpridas pelo SJ Supermercados e acredito que por todos os demais comércios da cidade”.

Estoques em dia

Acreditando na eficácia da medida e crendo que ela pode sim, trazer bons resultados, os comerciantes destacam que a população não tem motivos para se preocupar. Eles pontuam que as adaptações envolvem também um cuidado com a preservação do estoque. “Não existe a necessidade de pânico quanto ao abastecimento das lojas, porque o nível de estoque está bom”, explicou Sinthya.

“Aqui, no ABC, temos entrada de produtos novos todos os dias, independente da pandemia. São vários caminhões chegando diariamente com verduras, legumes e frutas de ótima qualidade para atender a população itabirana. Logo, a falta de mercadorias é algo que nossos clientes não precisam se preocupar”, afirmou Thiago.

A medida

A nova medida adotada pela Prefeitura Municipal, determina que os próprios estabelecimentos se responsabilizem pela conferência dos CPFs e controle do fluxo de pessoas. Outras regras como uso de máscaras, respeito ao distanciamento em filas e disponibilização de álcool também devem ser reforçadas. 

Ação entra em vigor a partir de segunda-feira (18) e determina que os CPFs terminados em números pares (0, 2, 4, 6 e 8) poderão frequentar os estabelecimentos em dias pares. Já os terminados em números ímpares (1, 3, 5, 7 e 9) só realizarão as suas compras em dias igualmente ímpares.

MAIS NOTÍCIAS