São Gonçalo dá início a ações de revitalização do Centro Histórico

A revitalização começou com oficina e terá audiência pública

São Gonçalo dá início a ações de revitalização do Centro Histórico
Foto: Divulgação / Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo

A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo realizou a Oficina Chesi, durante o último sábado (14), para revitalização do Centro Histórico da cidade.

 A Oficina é uma metodologia exclusiva do Instituto Smart Citizen e tem como objetivo reunir agentes da Inovação: gestores públicos, setor privado, sobretudo os profissionais das engenharias, geociências, meio ambiente, direito e arquitetura, professores e cidadãos que têm o poder e/ou potencial de transformar as cidades em um lugar melhor para todos.

O prefeito, Raimundo Nonato de Barcelos (Nozinho) acompanhou toda a oficina de revitalização do Centro e disse que será uma oportunidade de tornar a região um ambiente mais agradável para moradores e um atrativo para visitantes. 

Ele comentou sobre a importância de aproveitar este momento de benefícios da mineração para buscar planejar e desenvolver o município.

A consultora do Instituto de Gestão Territorial e Geotecnologias (Igtech), Grazi Carvalho conduziu os trabalhos juntamente com os arquitetos Alfio Conti e Rafael Almeida e o engenheiro ambiental, Pedro Henrique Araújo. 

Revitalização: São Gonçalo dá início a ações no Centro Histórico
Foto: Divulgação / Prefeitura de São Gonçalo

A princípio, foram apresentados os pilares norteadores do projeto de revitalização pautados nos conceitos de “Cidades Humanas, Eficientes, Sustentáveis e Inteligentes”. De maneira dinâmica os representantes da comunidade são-gonçalense responderam questionários sobre indicadores dos aspectos Funcionais, Morfológicos de Tecnologias Sustentáveis e Desenvolvimento Econômico referentes ao município.   

Em outra etapa do trabalho, os participantes visitaram os pontos históricos que poderão sofrer alterações, conforme as projeções gráficas.

O material foi exposto aos integrantes das oficinas, explicado e discutido. Mas, para ampliar o debate, a prefeitura irá realizar uma audiência pública em data a ser definida, baseada nos aspectos apontados na ação de educação e debate.

MAIS NOTÍCIAS