UniFuncesi recebe evento interativo “Se liga, não caia!” neste sábado (25)

A proposta da ação é promover conscientização sobre a prevenção a quedas

UniFuncesi recebe evento interativo “Se liga, não caia!” neste sábado (25)
Foto: Reprodução/Facebook UniFuncesi
O conteúdo continua após o anúncio


A UniFuncesi vai receber um evento inovador e de grande importância neste sábado (25). A ação é chamada de “Se liga, não caia!” e tem como objetivo promover conscientização sobre a prevenção a tombos e quedas no ambiente doméstico. 

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, as quedas e tombos provocam cerca de 700 mil mortes por ano entre pessoas de diversas idades. Em Itabira, o neurologista Tiago Alvarenga, que atende no hospital municipal, relata receber diversos pacientes que são vítimas de tombos e acabam precisando passar por hospitalização. 

“Todo dia que eu chego no Pronto-socorro tem casos de queda lá… e tem de todas as idades, crianças, adolescentes. (…) São quedas bobas e quedas evitáveis.”

Por isso, o evento “Se liga, não caia!” foi idealizado pelo Centro Itabirano de Neurociências (CIN) e está sendo organizado por alunos e professores da UniFuncesi, em parceria com arquitetos do município que se mostraram interessados no tema. A proposta é esclarecer ao público como se prevenir de acidentes que podem provocar sérios prejuízos. 

O tema se mostra relevante para pessoas de todas idades, visto que qualquer um pode sofrer uma queda. Assim, o evento será aberto ao público, sem taxa para participação. A proposta é educar os participantes sobre erros em seu ambiente doméstico, que podem provocar acidentes. 

Confira as atrações

Quarto dos sete erros: será um quarto montado para receber o público de forma interativa, em que haverá demonstrações de erros que podem levar a quedas

  • Oficina vida: 

Oficina que vai promover uma ação de prática de empatia, em que os participantes se colocam em um trajeto que simula situações similares às vivenciadas por pessoas que têm limitações, deficiências ou incapacidades. 

  • Mães pelos seus filhos: 

Barracas do projeto social “Mães pelos seus filhos”, com venda de tapetes antiderrapantes ao público. As mulheres são mães de alunos da Apae e produzem os materiais para complementar sua renda. 

  • Apresentação de trabalhos acadêmicos dos alunos da UniFuncesi: 

Exposição de trabalhos dos alunos dos cursos participantes, com informações para educar o público. 

Foto: Divulgação

O neurologista Tiago Alvarenga, que integra o CNI, fala sobre o propósito e o público alvo da ação:

“A ideia é trazer todo mundo, porque se você está jovem um dia você pode torcer o pé, precisar engessar a perna. E aí, a sua casa está preparada? Você também vai envelhecer um dia, seus pais vão envelhecer, seus familiares vão envelhecer um dia… essa ação eu acredito ser para todas as idades.”

O evento está sendo realizado pela UniFuncesi e o CIN, contando com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde e da liga acadêmica de Neurociências. A organização é dos alunos e professores dos cursos de engenharia civil, enfermagem e fisioterapia da instituição. 

MAIS NOTÍCIAS