Xô, timidez! Como a profissão mudou a vida de uma mulher

Outrora pouco comunicativa, Karla teve de se reinventar para construir a carreira

Xô, timidez! Como a profissão mudou a vida de uma mulher
Foto: Arquivo Pessoal
O conteúdo continua após o anúncio


Ahh, as ironias da vida… Você já imaginou ver alguém extremamente tímido virar referência na comunicação? Pois foi isso que aconteceu com a fonoaudióloga Karla Franco, que precisou se reinventar para cuidar do seu empreendimento, a “Clínica Cuidar” (Olha outra ironia aí!). Localizado no bairro Pará, em Itabira, o espaço conta com outros sete profissionais especializados em fonoaudiologia.

De perfil mais contido, ela saiu de casa aos 17 anos para iniciar a faculdade que lhe daria a bagagem necessária para começar um negócio. Mais: Karla sempre foi muito apegada à família e precisou encarar o desafio de deixar seu ninho ainda muito nova.

Porém, como diria Herbert Vianna, “tudo que te ensina existe solto por aí”, e ao longo da caminhada a acanhada adolescente deu lugar a uma mulher firme, empreendedora e referência em seu setor.

clínica
Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Karla, a experiência universitária foi o principal fator para que ela evoluísse sua personalidade. A graduação também fez com que a empreendedora criasse laços que permanecem unidos até hoje.

”A faculdade fez com que eu me libertasse do excesso de timidez, afinal, um fonoaudiólogo precisa ser um bom comunicador! Lá formei uma verdadeira família! Meus amigos do curso são muito próximos e minhas três irmãs sempre foram meu apoio e, junto dos meus pais, me deram força sempre!”, diz.

Quem também teve papel incontestável nesta trajetória foram os pais da fonoaudióloga. “Meus pais são visionários e, após se aposentarem, tornaram-se comerciantes. Isso foi importante para mim. Eles são meus maiores exemplos de ética, justiça e amor ao próximo!

Além das amizades, o curso deu a Karla a chance de vir a Itabira e construir uma nova história. Aqui, ela constituiu sua família: “Meus filhos e meu marido são meus incentivadores diários! A razão de tudo pra mim.”

“Vim para Itabira e fui muito bem acolhida! Eu amo essa cidade, que, ao chegar, só conhecia meus pais e irmãs. O mercado estava precisando da minha área de formação e logo tive oportunidades de trabalho, conhecendo pessoas que me ajudaram muito a crescer, aprender e buscar mais e mais!”, explica.

Hoje consolidada no mercado, a monlevadense cita a união como uma forma de conquistar espaço no empreendedorismo e, ao mesmo tempo, fazer do mundo um lugar melhor.

“Pensar que o outro é parceiro e não concorrente eleva meus pensamentos e me faz pensar no que meus atos refletem em outras pessoas. Penso que precisamos de ter mais união entre todos! Essa é a chave para tornarmos nossa sociedade um mundo melhor. E finalizando: colocar-se no lugar do outro é essencial para a vida! A empatia é uma das maiores virtudes do ser humano!”

Prazer e sacrifícios

Se dedicar à área com que sempre sonhou envolveu alguns sacrifícios para Karla. Em alguns momentos, o retorno financeiro não vinha, mas a experiência adquirida já se provou muito gratificante.

“No começo, abri mão de lazer, estudei muito, fiz cursos, pós-graduações e supervisões. Eu precisava entender na prática a minha atuação e o que poderia fazer de melhor aos meus pacientes. Aprendi muito com meus colegas de trabalho da Prefeitura inicialmente, e depois em um consultório que eu sublocava para quatro horas semanais de atendimento. Paguei para trabalhar no começo, e ainda fazia um ou outro atendimento gratuito. Eu aprendi tanto com alguns casos, que, de verdade, penso que recebi muito!”

clínica
Foto: Arquivo Pessoal

O resultado? Atualmente, a fonoaudióloga trabalha com o que ama, algo que poucas pessoas podem sentir.

“Tenho a sorte de ter pessoas muito boas no meu caminho. Na clínica, então, tenho verdadeiros anjos ao meu redor. Sou muito grata! Sinto que a humildade faz parte das minhas resoluções. Às vezes é preciso “engolir sapo”, mas, sabendo como me comunicar, vou me desvencilhando dos desafios até conseguir expor meus incômodos e pensamentos, sem agredir as pessoas”, comenta.

Olhando para trás, percebe-se que Karla não é apenas uma nova empreendedora. Hoje a profissional da voz é uma nova mulher, que não precisa se comparar a outras pessoas para se motivar. A sua caminhada é a melhor resposta para qualquer questionamento.

”Quero ser melhor a cada dia, hoje melhor que ontem, comparando-me comigo mesma, sempre. Já passei muito tempo me comparando a outras pessoas, mas o TEMPO é muito sábio e me ensinou lições inesquecíveis!”, conclui.

Clínica Cuidar

– Endereço: R. Trajano Procópio, 24 – Pará, Itabira/MG

– Telefones: (31) 3831-2344/ (31) 9 8888-2344

– Redes sociais: Instagram

MAIS NOTÍCIAS