Yamaha leva a 22ª edição do prêmio Moto de Ouro

Ao todo, a marca faturou sete troféus da premiação

Yamaha leva a 22ª edição do prêmio Moto de Ouro
Tracer 900 GT

A revista MOTOCICLISMO chegou à 22 edição do seu tradicional prêmio Moto de Ouro, votação na qual os leitores e seguidores escolhe suas motocicletas preferidas e os quesitos de imagem das marcas. Desta vez, a grande vencedora foi a Yamaha, uma das principais marcas do ramo no país.

Ao todo, a marca levou sete troféus nesta edição do concurso. Foram dois em quesitos de imagem – Qualidade e Emoção – e cinco nas categorias referentes a produtos. Nos próximos parágrafos você conhece quais foram as motos eleitas da Yamaha.

Yamaha
MT-03

A Yamaha dominou completamente o segmento City e a vitória da MT-03 comprova que é uma moto bem concebida e muito admirada, embora seja a terceira mais emplacada entre as City com motor maior que 160 cm³. A marca dominou o pódio da categoria, que teve Fazer 250 como vice-campeã e R3 na terceira colocação. Uma amostra sobre como uma legião de apaixonados pela marca registrou voto em favor das motos da Yamaha na categoria City.

Yamaha
Tracer 900 GT

A categoria Crossover teve participantes de peso como Honda NC 750, segunda no ranking de emplacamentos em 2020, segundo a Fenabrave. Mas quem completou o pódio da categoria foram BMW S 1000 XR, em segundo, e Ducati Multistrada 1260 na terceira colocação. Mesmo assim, a diferença foi grande: a Tracer 900 GT conseguiu 45% dos votos, enquanto BMW e Ducati ficaram com 17 e 14%, respectivamente. Um claro sinal da forte ligação do contingente votante com a Crossover da Yamaha.

Yamaha
YZ450F

A Yamaha também faturou o prêmio Moto de Ouro na categoria específica de motocicletas de utilização off-road: a categoria Moto Verde. A Yamaha teve uma acirrada briga com as peso-pesado Honda CRF 250F e CRF 450RX, mas a luta terminou com a vitória da moto azul, a YZ450F, da Yamaha. A moto faturou o campeonato brasileiro de Motocross e o Rally dos Sertões, o que parece ter influenciado os leitores votantes para que ela ficasse com 49% dos votos, deixando a CRF 250F em segundo com 12% e a CRF 450RX com 11%.

Yamaha
XMAX 250 ABS

A Yamaha deu um tiro certeiro no lançamento do XMAX. Prova disso é que, segundo os dados da Fenabrave, em 2020 desbancou nos emplacamentos os três concorrentes diretos, os Dafra Citycom e Citycom HD, além do Honda SH 300. O XMAX é um scooter de porte avantajado, design moderno e ótimo desempenho, diferenciando-se dos demais, principalmente pelo fato de ter duas mesas nas bengalas da suspensão dianteira, o que lhe confere melhor capacidade de absorção de impactos.

Seu sucesso fica estampado no resultado da votação, ele recebeu 44% dos votos deixando seu irmão, o NMAX, em segundo, com 19,6%, e o poderoso Honda X-ADV (vencedor da última edição do Moto de Ouro na categoria) em terceiro, cm 18,9%.

Yamaha
XTZ 250 Lander

Na última edição do Moto de Ouro a Yamaha XTZ 250 Lander ficou com a terceira posição. Nesta edição, os fãs da marca a colocaram em primeiro lugar, com 40% dos votos válidos, e a segunda posição ficou com a campeã do último prêmio, a BMW G 310 GS, com 21%. Fechou o pódio outra moto da marca dos diapasões, a Crosser 150. A Lander comprova que o projeto bem nascido e as mudanças no design que recebeu em seu último facelift, estão em alta entre os eleitores do Moto de Ouro.

Mil Motos

Endereços: Av. V. Osório Sampaio, 217 – Santa Rosa

Telefone: (31) 3840-1677

Redes sociais: Facebook e Instagram

Site: www.milmotos.com.br/loja

MAIS NOTÍCIAS