Advogado itabirano recebe Selo de Referência Nacional por excelência em atuação

A premiação é inédita entre os profissionais da área que atuam em Itabira.

Advogado itabirano recebe Selo de Referência Nacional por excelência em atuação
Foto: Júlia Souza / DeFato

O advogado criminalista Wanderci Barbosa Fernandes, 49 anos, recebeu o Selo de Referência Nacional 2022, oferecido pela Agência Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação (ANCEC) pelo desempenho em sua área de atuação no ano anterior. Wanderci é uma pessoa conhecida pelo trabalho na área do direito criminal, em Itabira e diversas cidades da região. 

O profissional começou sua carreira como contador e atua como servidor público nesta área. Conheceu o direito por meio da contabilidade e se apaixonou pelo ramo, por isso estudou e se tornou advogado. Em sua trajetória profissional, Wanderci atuou nas áreas cível e de família, mas encantou-se pelo direito criminal e se especializou para atuar com esses processos. Ele cursou uma pós-graduação em ciências criminais, pela Universidade Cândido Mendes (UCAM) e outra em Criminologia e Medicina Legal pela Escola Superior de Advocacia (ESA), além de Direito de Família pela Praetorium. 

As capacitações e especializações ofereceram base para que Wanderci crescesse na área. Além disso, seu sucesso profissional com casos de difícil resolução — como crimes contra a vida — expandiu seu potencial e fez com que ele se tornasse referência em defesas desse tipo.

Afeito aos tribunais de júri, o criminalista tem um bom número de processos e defesas em tribunais superiores. Seu percentual de sucesso em processos é expressivo, conduzindo os clientes a indicá-lo àqueles que precisam. Justamente por isso, ele foi indicado e recebeu o Selo de Reconhecimento, sua atuação cruzou as fronteiras itabiranas e alcançou os maiores tribunais do país. 

Em entrevista ao portal DeFato, ele destaca ser um advogado atento às minúcias dos processos que acompanha e que insiste na defesa dos seus clientes, assim acabou sendo reconhecido por suas participações em grandes processos e tribunais: 

“Acredito que essa facilidade atual de chegar à terceira instância, não só processualmente, porque cremos que ir até a última linha em defesa do cliente é extremamente importante, permitiu esse reconhecimento. (…) Quando realizamos essas sustentações orais nesses tribunais, existem muitas pessoas que assistem e nos veem, isso viabiliza esse papel de destaque. E são poucos os advogados que realmente vão até a última instância, conduzindo a sustentação oral em defesa dos seus clientes.”

O jurista também atuou como coordenador da Assistência Jurídica Municipal e Auditor Municipal, foi secretário-geral da OAB Itabira e hoje é delegado de prerrogativas da atual subseção da Ordem itabirana. Trabalhando na área jurídica já há mais de duas décadas, advogado há 13 anos, Wanderci acumula mais de 300 atuações em júris. 

“Hoje temos muitos profissionais da advocacia com carência efetiva de realização de processos. Isso oferece destaque aos profissionais que se atém às técnicas minuciosas e fundamentais do direito.”, pontua o advogado.

O Selo de Referência Nacional 2022 oferecido pela ANCEC é um reconhecimento que aconteceu de forma autônoma e inesperada, visto que não há inscrição para o processo. Wanderci conta que recebeu uma ligação da equipe de premiação e se surpreendeu com a notícia de que o prêmio lhe fora concedido: 

 

“É motivo de orgulho receber esse reconhecimento. Primeiro fiquei surpreso, porque eu não sabia que receberia esse prêmio. Contataram-me e pediram para que eu me comunicasse com a ANCEC, eu como advogado fiquei um pouco desconfiado… mas percebi que se tratava de uma organização séria e que realmente atua com transparência.”

Não há registro de outros profissionais ou advogados itabiranos que tenham recebido a premiação, apontando a atuação de Wanderci como estando na vanguarda do jurídico municipal. Ao ser indagado sobre o diferencial em seu trabalho, que o teria conduzido a tal reconhecimento, o advogado responde: 

“Acredito ser esse manter a conexão com a advocacia tradicional, esse cuidado pelo processo… cada processo é um processo, e você tem a vida da pessoa em suas mãos. O olhar principal é o foco do advogado. Outro diferencial é essa busca de ir até onde podemos, atravessando as instâncias sem parar no meio do caminho. Isso exige uma dedicação e uma técnica, para chegar às últimas instâncias.” 

Sobre a premiação

A ANCEC surgiu por meio da conexão entre empresários, artistas e comunicadores, na busca pela valorização do empreendedorismo, artes e comunicação, promovendo união inédita por meio de ações de reconhecimento, promoção e execução de atividades nas três áreas.

A ação inicial da ANCEC (2014) foi a promoção do Selo Referência Nacional, entregue às empresas de destaque em sua área de atuação, visando reconhecer os empreendedores, independente de sua atividade ou tamanho.

O Selo Referência Nacional foi desenvolvido nessa proposta de valorização de empreendedorismo em todos os segmentos, independentemente do porte, região ou atividade da empresa, ou profissional. Isso porque a principal condição para receber esse reconhecimento é a realização efetiva e benéfica de seu trabalho, identificado como destaque ou referência pela atividade no país.

Todos os empreendimentos e profissionais que estampam o selo são convidados pelo núcleo de pesquisa da ANCEC, que incentiva empresas e empreendedores.

O advogado 

Wanderci Fernandes atua em um escritório na cidade de Itabira, em parceria com outros três advogados que são sócios da empresa. Além disso, ele tem parceria com diversos escritórios no município, que o procuram para auxiliar em processos da área criminal da advocacia. Wanderci atua diretamente nos processos e também presta consultorias aos colegas atuantes no mercado.

MAIS NOTÍCIAS