Após ser estuprada por três homens, mulher é enterrada viva

Polícia Civil investiga caso que chocou população dos vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Após ser estuprada por três homens, mulher é enterrada viva
Joana Darc tinha 25 anos. Foi abusada, torturada e enterrada vida (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Um crime bárbaro chocou moradores dos vales do Jequitinhonha e Mucuri, em Minas Gerais. Desaparecida desde o dia 11 de março e, desde então, procurada pela sua família, que chegou a fazer uma campanha nas redes sociais, Joana Darc foi encontrada na última terça-feira (15) enterrada no quintal de um imóvel abandonado, em Medina.

O crime está sendo investigado pela Polícia Civil. O exame de necropsia realizado no Instituto Médico-Legal de Pedra Azul, Vale do Jequitinhonha, concluiu que Joana Darc, mãe de quatro filhos, morreu por asfixia. Ela foi enterrada viva após ser torturada com socos e chutes. O laudo não apontou lesões como ferimentos de faca ou bala de revólver.

+ Leia a matéria completa no Estado de Minas

MAIS NOTÍCIAS