Brasileirão: ônibus do São Paulo é atacado a caminho do Morumbi

O ônibus que levava a delegação do São Paulo para o estádio do Morumbi sofreu ataques a pedras e rojões antes da partida contra o Coritiba

Brasileirão: ônibus do São Paulo é atacado a caminho do Morumbi
Foto: Divulgação/PM

O ônibus que levava a delegação do São Paulo para o estádio do Morumbi, na capital paulista, sofreu ataques a pedras e rojões antes da partida contra o Coritiba, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. De acordo com as primeiras informações, cerca de 14 pessoas foram presas pela Polícia Militar (PM).

Após a goleada sofrida para o Internacional, na última quarta-feira (20), torcedores protestaram na sexta-feira (22) na porta do CT da Barra Funda.

A emboscada teria ocorrido na região da avenida Faria Lima, na zona sul de São Paulo. Não houve registro de feridos, apesar dos jogadores terem ficado assustados e irritados com o ataque dos torcedores.

“O ônibus do São Paulo foi vítima de ataque de pedras a caminho do Morumbi. O clube já tomou as providências cabíveis contra os responsáveis. Já foram identificadas e detidas 14 pessoas”, informou o clube tricolor em suas redes sociais.

O conteúdo continua após o anúncio

O São Paulo está na segunda colocação do Brasileirão, mas vem em má fase. Após a queda para o Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil, o time fez quatro jogos no torneio de pontos corridos em 2021, com três derrotas e um empate. Assim, em 12 pontos disputados, a equipe conseguiu somar apenas um.

Veja o ataque à delegação do São Paulo:

Saiba mais sobre os protestos

Na última quarta-feira, a equipe tricolor foi goleada pelo Internacional, no Morumbi, por 5 a 1, e deixou a liderança. Na sexta-feira, um pequeno grupo de torcedores protestou contra a situação em frente ao CT do clube e pediu as saídas do meia Daniel Alves, um dos líderes da equipe, e do técnico Fernando Diniz — que tem convivido com desconfianças desde que chegou ao clube paulista.

* Conteúdo Estadão

<

MAIS NOTÍCIAS