USP: parceria com Coursera amplia oferta de cursos on-line para comunidade

Com as férias de julho se aproximando, não era incomum antes da pandemia que estudantes se preparassem para fazer um curso extracurricular.

USP: parceria com Coursera amplia oferta de cursos on-line para comunidade

Com as férias de julho se aproximando, não era incomum antes da pandemia que estudantes se preparassem para fazer um curso extracurricular. Seja para complementar a formação ou desenvolver um hobby, muitos alunos buscam pelos chamados MOOCs (sigla em inglês para Curso On-line Aberto e Massivo). Mas, em tempos de isolamento social, o que antes era alternativo se tornou a rotina escolar oficial dos países em quarentena.
Para ampliar a oferta de conteúdos disponíveis on-line, a USP aderiu ao programa Coursera for campus, que conta com mais de 3.800 cursos de universidades parceiras, como Yale, Michigan, Princeton, Toronto, Sidney, Hong Kong, Moscou, o Imperial College, a National University of Singapore, entre outras. O programa também dá acesso a novos conteúdos centrados nos estudos do coronavírus e da covid-19, que já se tornaram referência no mundo todo. Um exemplo é o material produzido pela Universidade Johns Hopkins.
A assessora de programas e eventos da Pró-Reitoria de Pesquisa, Ana Paula Tavares Magalhães, conta que a parceria da USP com o Coursera data de 2014, mas a principal diferença da nova parceria é a gratuidade de certificados, além do aumento da oferta de cursos em termos quantitativos. Com o programa, não apenas alunos poderão buscar cursos de interesse, mas os professores terão oportunidade de criar novas aulas, recomendar cursos e avaliar o desempenho da classe.

Serviços relacionados