Covid-19: Minas registra mais de 10 mil casos e 82 mortes em 24h

Ao todo, estado tem 1.169.489 casos confirmados de coronavírus. As informações são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde

Covid-19: Minas registra mais de 10 mil casos e 82 mortes em 24h
Foto: Gustavo Linhares/DeFato

Minas Gerais, mais uma vez, registra mais de dez mil novos casos de coronavírus. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, emitido nesta terça-feira (6), o estado teve 10.450 pessoas infecctadas pela Covid-19 em 24h. No mesmo período, aconteceram 82 óbitos pela doença.

No total, Minas Gerais tem 1.169.489 casos confirmados de coronavírus. Desse total, 101.612 pessoas estão em acompanhamento e cumprindo isolamento; e 1.042.082 se recuperaram. O estado também contabiliza 25.795 mortes pela doença.

Perfil epidemiológico

Do total de casos confirmados de Covid-19 e que não evoluíram para óbito, 52% das infectadas são mulheres enquanto 48% são homens.

A faixa etária de maior incidência é de 30 a 39 anos, respondendo por 22,8% dos casos. Em seguida, aparecem as pessoas de 40 a 49 anos (18,9%), 20 a 29 anos (18%), mais de 60 anos (17,2%), 50 a 59 anos (14,6%), dez a 19 anos (5,3%), um a nove anos (2,3%), menos de um ano (0,6%) e não informado (0,2%).

A média de idade dos casos confirmados de coronavírus é 42 anos.

Em relação ao total de óbitos confirmados pela Covid-19, 55% são de homens e 45% são de mulheres. Sendo que 71% dos casos estão relacionados a alguma comorbidade.

Desse total de mortes, 20.212 são de pessoas acima de 60 anos. Outras 3.185 na faixa etária entre 50 e 59 anos; 1.438 de pessoas entre 40 e 49 anos; 696 de pessoas entre 30 e 39 anos; 195 de pessoas entre 20 e 29 anos; 23 de pessoas entre dez e 19 anos; 18 de pessoas entre um e nove anos; 19 de pessoas com menos de um ano; e sete que não tiveram a idade informada.

De acordo com o boletim epidemiológico, a média de idade dos óbitos confirmados é 70 anos. Além disso, 78% das mortes são de pessoas com 60 anos ou mais.

MAIS NOTÍCIAS