Em Itabira, deputados comemoram implantação do Colégio Tiradentes

Os petistas Reginaldo Lopes (federal) e Cristiano Silveira (estadual) vieram à cidade nessa terça-feira, onde afirmaram esforços na implantação da escola

Em Itabira, deputados comemoram implantação do Colégio Tiradentes
Foto: Wesley Rodrigues/DeFato

Agentes políticos comemoraram a instalação do Colégio Tiradentes da Polícia Militar em Itabira. Nessa terça-feira, 9 de janeiro, cumpriram agenda na cidade os deputados Reginaldo Lopes (federal) e Cristiano Silveira (Estadual), do Partido dos Trabalhadores (PT). Na ocasião, os deputados visitaram as instalações do CTPM, no bairro Amazonas, e concederam entrevista à imprensa, no fim da manhã.

Participaram também da entrevista coletiva o prefeito Ronaldo Magalhães (PTB), o diretor da Gerência Regional de Saúde, Alexandre Faria Martins da Costa, o secretário de Educação, José Gonçalves Moreira e a secretária do CTPM, sargento Elielma Silva Almeida.

O colégio, instalado na extinta Escola Estadual Doutor José de Grisolia, se prepara para o início do ano letivo, previsto para o próximo dia 5. As inscrições para dependentes de militares (policiais e bombeiros) começaram nesta quarta-feira (10) e para a sociedade civil, iniciam na próxima segunda-feira (15). O processo deve ser feito pelo site da PMMG, de acordo com o público-alvo.

Reginaldo Lopes disse que é fundamental para o município que abriga um batalhão da Polícia Militar “contar com a experiência do Colégio Tiradentes no processo de formação educacional”. O deputado ressaltou ainda, “que o número de alunos filhos de militares será menor na unidade Doutor José de Grisolia, fato que ameniza as críticas de quem considera o CTPM um privilégio para apenas uma parcela da sociedade”.

O conteúdo continua após o anúncio

“É bom dizer que o colégio vai nascer com mais alunos da sociedade civil. As vezes, as pessoas acham que é um privilégio para um setor ou uma categoria, mas não. (…) Aqui, o colégio já nasce com quase o dobro de alunos da sociedade civil, pois incorporara todos os alunos da antiga escola”, acrescentou Reginaldo Lopes.

O deputado citou sua articulação junto ao comando da PMMG e governo do Estado para contribuir à instalação da unidade. Cristiano Silveira falou sobre sua contribuição indireta ao projeto.

O prefeito Ronaldo Magalhães lembrou que Itabira disputou com pelo menos 14 municípios a nova unidade do CTPM. “Trabalhamos muito e todos ajudaram, falo que não é um ou dois, todo mundo colaborou. Reginaldo e Cristiano (deputados) foram, no lado político, muito importantes para esta vitória”.

Comitiva visitou o colégio nessa terça-feira. Foto: Acom/Prefeitura de Itabira

A sargento Elielma Almeida, representante da diretoria de ensino do CTPM de Itabira, informou que a instituição irá aceitar 540 alunos este ano, sendo uma turma de até 35 alunos para cada ano do ensino fundamental I e II, com exceção do 9º ano que contará com duas turmas, assim como todos os anos do ensino médio. As turmas do 1º ao 5º ano estudarão à tarde e as demais, no período da manhã.

O Colégio Tiradentes da Polícia Militar é uma instituição pública de ensino e, por isso, não cobra mensalidade. No entanto, segundo informação do Deeas, os alunos precisam adquirir os livros didáticos, além do uniforme. Os valores variam de acordo com cada série. Em média, mais de R$ 500 para os livros e acima de R$ 400 para os uniformes.