Em retorno ao Cruzeiro, Luxemburgo tentará apagar última passagem pelo clube

Em 2015, treinador da tríplice coroa foi demitido após 19 jogos

Em retorno ao Cruzeiro, Luxemburgo tentará apagar última passagem pelo clube
Foto: Cruzeiro/Twitter

O Cruzeiro anunciou, no início da tarde desta terça-feira (3), o retorno de Vanderlei Luxemburgo. Esta será a terceira passagem do treinador pela Toca da Raposa, sendo a mais marcante delas a de 2003, quando comandou o time campeão da tríplice coroa naquele ano. Onze anos depois, o “Profexô” voltaria ao clube celeste, mas em momento bem diferente, já que a Raposa acabara de ser eliminada da Libertadores pelo River Plate e ocupava a 19ª colocação do Campeonato Brasileiro.

No entanto, o primeiro retorno ao Cruzeiro não teve o mesmo brilho de 2003. Luxemburgo até alcançou algumas vitórias nos primeiros jogos – a mais marcante delas um 3 a 1 contra o Atlético-MG no Independência -, mas logo o time entrou em má fase e emendou seis jogos seguidos sem vencer. Ao todo, foram 19 partidas por todas as competições à época, com dez derrotas, três empates e seis vitórias. Luxa deixava o Cruzeiro após uma eliminação para o Palmeiras na Copa do Brasil e derrota para o Santos, no Brasileirão, o que levou a Raposa ao 16º lugar da tabela.

Em 2021, a situação é ainda mais delicada. Além de estar fora da Série A, o Cruzeiro ocupa a 18ª colocação da Série B, com apenas 13 pontos. Em 15 jogos, são 25 gols tomados, a pior defesa de toda a competição. A missão de Luxa será parecida com a de Felipão, outro medalhão que assumiu a Raposa recentemente: afastar o clube da zona de rebaixamento para, aí sim, sonhar com o acesso à primeira divisão.

Para isso, é fundamental vencer o quanto antes. E a primeira chance virá logo no próximo sábado, quando o Cruzeiro enfrentará o Brusque, fora de casa, às 11h da manhã. O clube catarinense é o sexto colocado da Série B e conta com Edu, artilheiro do campeonato com nove gols.

MAIS NOTÍCIAS