Em reunião extraordinária, vereadores aprovam em 2º turno empréstimo milionário à Prefeitura

Em uma reunião extraordinária muito rápida, os vereadores de Itabira aprovaram nesta quarta-feira, 22 de maio, o projeto que autoriza a Prefeitura a contrair empréstimo de R$ 45 milhões junto à Caixa Econômica Federal. Novamente, somente dois parlamentares foram contrários à proposta. Diferente da primeira votação, quando os vereadores apresentaram justificativas para embasar seus votos, […]

Em reunião extraordinária, vereadores aprovam em 2º turno empréstimo milionário à Prefeitura
Empréstimo foi aprovado em segundo turno – Foto: Rodrigo Andrade/DeFato|

Em uma reunião extraordinária muito rápida, os vereadores de Itabira aprovaram nesta quarta-feira, 22 de maio, o projeto que autoriza a Prefeitura a contrair empréstimo de R$ 45 milhões junto à Caixa Econômica Federal. Novamente, somente dois parlamentares foram contrários à proposta.

Diferente da primeira votação, quando os vereadores apresentaram justificativas para embasar seus votos, a extraordinária desta quarta-feira não teve qualquer comentário. A reunião durou cerca de meia hora e só não foi mais rápida por causa da leitura da ata do encontro anterior.

Os votos contrários foram dos oposicionistas Reginaldo Santos (PTB) e Weverton Vetão (PSB). Os demais vereadores foram favoráveis. A reunião não contou com a presença de Allaim Gomes (PDT), que alegou realização de exames médicos.

O líder do governo, Neidson Freitas, e o oposicionista Weverton Vetão, durante reunião nesta quarta – Foto: Rodrigo Andrade/DeFato

Empréstimo

A operação de crédito será através do Programa Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). A contratação se dará no prazo total de 120 meses, com carência de 24 meses, taxa de juro de 4,9% ao ano mais 100% da variação do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) ao ano e 2% de taxa de contratação da Operação Caixa.

Segundo a Prefeitura, o dinheiro será investido em obras para construção de um prédio de 9.950 metros quadrados no campus da Unifei, implantação de um heliponto próximo ao Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), implantação do Cadastro Territorial Multifinalitário do Município, pavimentação de diversas ruas, implantação da avenida Espigão, segunda parte da avenida Machado de Assis, pavimentação de morros críticos na zona rural e revitalização de avenidas arteriais.

Após a aprovação em segundo turno, a matéria agora segue para sanção do prefeito Ronaldo Magalhães (PTB). Logo depois, a documentação será encaminhada à Caixa Econômica Federal para formalização do empréstimo.