Esperando resolução sobre testes, Náutico ainda não possui protocolo de retorno definido

De acordo com o vice-presidente médico do clube, Múcio Vaz, resoluções serão tomadas a partir de reuniões com a FPF e a comissão técnica Timbu.

Esperando resolução sobre testes, Náutico ainda não possui protocolo de retorno definido

Por isso, o vice-presidente médico do Náutico, Múcio Vaz, aponta que o departamento médico, incumbido de definir esse protocolo de reinício, irá se reunir com os representantes da FPF para saber se haverá algum subsídio para que ocorra a testagem em massa e posteriormente com a comissão técnica para definir como irá acontecer o retorno de todo o elenco para as atividades no CT Wilson Campos. 

O conteúdo continua após o anúncio

"Primeiro, nós teremos que saber se vai haver alguma ajuda da Federação para que possamos adquirir os testes e fazer o protocolo de testagem. Vamos ter uma reunião hoje e bater o martelo de como as coisas irão funcionar. Se teremos o subsídio ou se estaremos por nossa conta. O que está emperrando a divulgação do nosso protocolo é a questão dos testes. Há a possibilidade que a CBF mande uma quantidade de testes via Federação e estamos esperando por isso para termos maiores certezas que irão nortear nossas decisões."

Imagens – CT Wilson Campos deverá receber treinos novamente a partir do dia 15

MAIS NOTÍCIAS