Itabira: alunos da rede municipal são medalhistas da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

A competição ocorreu em novembro de 2020 na modalidade virtual e a lista dos medalhistas foi divulgada recentemente

Itabira: alunos da rede municipal são medalhistas da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica
Premiados no Didi Andrade. Foto: Divulgação/Acom PMI
O conteúdo continua após o anúncio


Alunos da rede municipal de ensino em Itabira obtiveram resultados positivos na 23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). A competição ocorreu em novembro de 2020 na modalidade virtual e a lista dos medalhistas foi divulgada em janeiro deste ano. Entretanto, devido às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a premiação dos estudantes está ocorrendo neste mês.

Na Escola Municipal Professora Antonina Moreira, a entrega das medalhas e dos certificados aconteceu na manhã desta quarta-feira (16). Durante a preparação para as olimpíadas, os estudantes foram orientados a distância pela professora de Ciências, Telma Couto Lessa. A diretora da unidade de ensino, Heldeane da Conceição Santos Felipe de Campos, e a vice-diretora, Mariza Alvarenga Ferreira de Almeida, parabenizaram os participantes pela dedicação e resultados alcançados, considerando-se que a competição ocorreu em pleno período de pandemia.

“A gente vê a necessidade que temos de desenvolver a ciência. Temos percebido a importância e a falta de bons cientistas. Ao incentivar a participação nas olimpíadas, lançamos uma sementinha e ela já está germinando: futuramente, podemos ter grandes profissionais saindo da nossa escola que vão contribuir para o avanço da ciência na cidade, no país e no mundo. Estamos muito felizes por nós e pelos nossos alunos”, afirmou Heldeane Campos.

A aluna Ana Celina Duarte Barbosa já havia conquistado uma medalha de bronze em edição anterior da OBA e, agora, conquistou a de ouro. “Sinto-me prestigiada: depois de tanto esforço, a gente vê que todas as horas estudando valeram a pena. Além da premiação, ganhamos em conhecimento, que é algo que ninguém nos tira. Os professores e a família oferecem apoio para a gente crescer, empenhar nos estudos e esforçar mais para dar orgulho a todos e crescer na vida”, comentou.

No Colégio Municipal Professora Didi Andrade, a premiação ocorreu no dia 9. A professora de Ciências/Laboratório, Maria Kleire Mendes, foi responsável pela coordenação dos trabalhos na escola. Na fase de preparação para as provas, os alunos tiveram a monitoria do Programa de Educação Tutorial (PET) da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) – campus Itabira.

O diretor Willian Ramos Marcos ressaltou a importância da participação dos estudantes em olimpíadas como esta. “Além de aplicarem o conhecimento que adquirem nas aulas, eles têm aprendizados para a vida. O primeiro deles é ter a coragem de disputar uma olimpíada desse porte e vencer o próprio medo. Ao longo do processo, percebem que muitos conseguem as medalhas, outros não, e aprendem que na vida a gente precisa continuar persistindo”, comentou. Ele também fez menção ao trabalho desenvolvido pelo ex-diretor, Vagner Diniz Morais, na época em que a prova ocorreu.

Olimpíadas Internacionais

Dois estudantes da rede municipal que conquistaram a medalha de ouro foram selecionados para as seletivas da International Olympiad of Astronomy and Astrophysics (IOAA) e da Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA). São eles: Alisson Vinícius Ferreira Gonçalves, do Colégio Municipal Professora Didi Andrade; e Glaubert Passos da Cruz Abreu, da Escola Municipal Professora Antonina Moreira.

“Participei de outras três Olimpíadas Brasileiras de Astronomia e Astronáutica e fui medalhista pela primeira vez, e ainda com ouro. Acho que esta prova foi mais difícil que as outras, devido à pandemia. Depende de estudo, foco, para conseguir conquistar a medalha. O apoio da minha família foi importante, pois me incentivou e agora consegui a medalha e a indicação para a seletiva da Olimpíada Internacional, que teve a participação de mais de 8 mil alunos de todo o Brasil”, destacou Alisson Gonçalves.

Lista dos medalhistas

Escola Municipal Professora Antonina Moreira: Ana Celina Duarte Barbosa e Glaubert Passos da Cruz Abreu (ouro), Melissa de Almeida Rodrigues (prata) e Edilaine Vitória Santos (bronze).

Colégio Municipal Professora Didi Andrade: Alisson Vinícius Ferreira Gonçalves, Ana Luiza Oliveira Damasceno, Mariana Paula Fernandes Rodrigues e Mateus Carvalho Mota (ouro); Davy Nicolas Silva Teixeira, Deivison Basílio Fernandes e Renato Lage Guimarães (prata); Elias Basílio Fernandes, Gabrielly Cristina Assis Oliveira e Rafael Hiago Ferreira Coelho (bronze).

*Com Prefeitura de Itabira

MAIS NOTÍCIAS