Minas Gerais tem 8.873 novos casos de coronavírus em 24h

Neste sábado (23), Minas Gerais registra mais um alto índice de infecções por Covid-19 em apenas um dia: 8.873 novos casos. Também foram contabilizados 138 óbitos

Minas Gerais tem 8.873 novos casos de coronavírus em 24h
Foto: Divulgação

A pandemia do novo coronavírus segue avançando em Minas Gerais. Um dia depois de registrar o recorde de contaminações pela doença em 24h, o estado, neste sábado (23), teve mais um alto índice de infecções: 8.873 novos casos. O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde também contabilizou 138 óbitos por Covid-19. A alta nesses índices é preocupante, ainda mais com a expectativa de que somente após um longo processo a população mineira será totalmente imunizada.

Ao todo, Minas Gerais tem 686.682 casos confirmados de Covid-19. Sendo: 63.676 pessoas em acompanhamento e 608.858 recuperadas. O estado, ainda, tem um total de 14.148 óbitos por Covid-19.

+ João Monlevade chega a marca de 64 óbitos por Covid-19

+ Começa vacinação de indígenas contra a Covid-19, em Minas Gerais

+ Covid-19: Governo de Minas punirá quem burlar a ordem de vacinação

O conteúdo continua após o anúncio

Alta nas contaminações

Na sexta-feira (22), Minas Gerais contabilizou 9.593 infectados pelo coronavírus. Esse foi o maior registro de infecções pela doença em apenas um dia — também aconteceram 119 óbitos.

Até então, o maior registro de casos em um único dia tinha sido na sexta-feira (15), quando foram contabilizados 9.120 contaminados pelo coronavírus. A quebra de recordes de infecções diárias tem sido bastante comum desde o início de 2021. A primeira vez em que isso aconteceu foi no dia 6, quando 7.715 pessoas contraíram a doença (anteriormente, o maior índice havia sido em 31 de dezembro, com 6.865 infectados).

Pouco depois, no dia 8, novo recorde: 7.812 contaminados pela Covid-19 em 24h. Já no dia 9, foram contabilizadas 8.399 casos. No dia 14, foram contabilizados 8.694 infectados pela doença.

Em relação aos óbitos, os 119 registrados na sexta-feira representam uma baixa em comparação aos últimos dias — embora esse número voltou a aumentar neste sábado, com 138 mortes. Até o momento, o recorde de falecimentos diários pela doença foi na quarta-feira (20), que teve 214 registros. O segundo pior índice aconteceu no último sábado (16), com 173 mortes.

Números que demonstram a importância de continuar seguindo as medidas de proteção e prevenção ao coronavírus, pois a pandemia segue avançando e fazendo vítimas. Neste momento, a colaboração dos mineiros é fundamental para controlar a crise sanitária.

<

MAIS NOTÍCIAS