Ministério da Infraestrutura e DNIT liberam 12 quilômetros de pista duplicada da BR-381

O trecho faz parte do Lote 3.1 das obras de duplicação da rodovia. O tráfego está liberado desde o km 297, onde há o acesso para a pista nova, até o km 310

Ministério da Infraestrutura e DNIT liberam 12 quilômetros de pista duplicada da BR-381
BR-381 em Antônio Dias: antigo traçado à esquerda e novo à direita – Foto: Acom/Dnit

Boa notícia para os usuários da BR-381, também conhecida como Rodovia da Morte. O Ministério da Infraestrutura, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), liberou nesta sexta-feira (28), mais 12 quilômetros de pista duplicada, em concreto, em trecho próximo ao município de Antônio Dias, na região do Vale do Aço. As obras no trecho estavam prontas há quase um ano, mas ainda não haviam sido liberadas. Objetivo da obra é melhorar a segurança viária numa rodovia que apresenta um dos maiores índices de morte do Brasil.

O conteúdo continua após o anúncio

O trecho faz parte do lote 3.1, das obras de duplicação da BR-381. As obras form realizadas pelo Consórcio Brasil/Mota/Engesur. O tráfego está liberado desde o KM 297, onde há acesso para a pista nova, até o km 310, retornando para a pista antiga, próximo à comunidade de Machado. Assim, este lote em específico conta com 84,71% das obras concluídas. O trecho agora conta com acostamento em toda extensão e ainda, três quilômetros de terceira faixa.

No entanto, um alerta aos usuários da BR-381: equipes fazem a nova sinalização, então o cuidado deve ser redobrado, em especial para quem trafega na pista antiga, sendo Governado Valadares – Belo Horizonte. Atenção também quanto ao túnel Antônio Dias (km 306, binário Pista Nova), que passa a operar em sentido único à capital mineira.

Vídeo mostra lote 3.1 da BR-381. Acesso ao túnel no Binário Novo, pronto e em concreto.

Vídeo mostra o outro lado do acesso ao túnel no Binário Novo.

MAIS NOTÍCIAS