Nova Era busca informações sobre barragens da vizinha Itabira

Se em Itabira a população tem manifestado preocupação com a situação das barragens mantidas pela Vale, em Nova Era não é diferente. Mesmo distante pouco mais de 30 quilômetros do município berço da mineradora, autoridades se mostram inquietas com os impactos de um eventual rompimento. Na última terça-feira, 26 de fevereiro, uma comitiva de Nova […]

Nova Era busca informações sobre barragens da vizinha Itabira
em Itabira – Foto: Acom CMNE

Se em Itabira a população tem manifestado preocupação com a situação das barragens mantidas pela Vale, em Nova Era não é diferente. Mesmo distante pouco mais de 30 quilômetros do município berço da mineradora, autoridades se mostram inquietas com os impactos de um eventual rompimento.

Na última terça-feira, 26 de fevereiro, uma comitiva de Nova Era, que incluiu a prefeita Laura Carneiro, vereadores e representantes do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Codema), esteve em Itabira e conheceu de perto a barragem do Itabiruçu. Os nova-erenses foram recebidos pelo gerente Rodrigo Chaves e pelo geólogo Ronaldo Costa.

O temor é de que um incidente em Itabira impacte diretamente em território nova-erense e no rio Piracicaba, que corta a cidade antes de desaguar no rio Doce. Os representantes solicitaram, além de esclarecimentos, que o município tenha um plano de emergência, com implantação de sirenes de alerta e acompanhamento.

Segundo a Assessoria de Comunicação da Câmara de Nova Era, a Vale protocolou os pedidos da comitiva e se comprometeu a atendê-los o mais breve possível.

Foi agendado para o dia 21 de março uma reunião pública com a população e autoridades de Nova Era. Na oportunidade, serão levantados questionamentos sobre as barragens que cercam a cidade. Ainda há a vontade de uma audiência maior, com representantes da Vale, para que os esclarecimentos sejam prestados.