“O simulado para nós foi um sucesso”, afirmou gerente da Vale

Treinamento foi o maior já ocorrido no país, com adesão total de 7.770 pessoas

“O simulado para nós foi um sucesso”, afirmou gerente da Vale

Quase oito mil moradores de 27 bairros de Itabira participaram ontem (17) do simulado de emergência de barragens de mineração. O total corresponde a 40,9% do público esperado.  Empregados da mina Conceição, que estavam trabalhando na ocasião, também participaram do treinamento. 

O gerente executivo da Vale em Itabira, Rodrigo Chaves, defendeu que o sucesso do simulado está diretamente ligado ao aprendizado de todos os envolvidos, seja na organização ou enquanto participantes. De acordo com ele, o trabalho vinha sendo planejado há muito tempo e só foi realizado quando houve a oportunidade de “adequar o planejamento à realidade”.

“É importante a gente fazer um simulado deste porte e ver a capacidade dos itabiranos e a cidadania dessas pessoas. Foram quase 8 mil pessoas participando do simulado e quase nenhuma ocorrência. Para nós foi um sucesso. E o que é o sucesso? É aprender! Este é o grande ponto. Nós viemos hoje para aprender e temos certeza que vamos sair daqui melhores do que chegamos”. Rodrigo Chaves, gerente executivo da Vale em Itabira.

Rodrigo Chaves, gerente executivo da Vale em Itabira – Foto: Déborah Oliveira/DeFato

A ação teve caráter preventivo e foi realizada pela Defesas Civis Estadual e Municipal, Prefeitura de Itabira e a Vale, com apoio das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. A Vale participou da atividade com mais de 4 mil funcionários, entre próprios e terceiros, e prestou todo apoio logístico aos órgãos competentes, além de receber e orientar a população nos pontos de encontro.

O objetivo da atividade foi orientar a população residente nessas áreas sobre como proceder em caso de emergência de barragem. O treinamento teve duração de uma hora, das 15h às 16h. Foram instalados, na ocasião, 96 pontos de encontro em áreas seguras do município.

O simulado faz parte do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM) e do Plano de Contingência e Evacuação de Itabira, este último elaborado por uma equipe multidisciplinar formada por representantes das Defesas Civis Estadual e Municipal, Prefeitura de Itabira, Vale, polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Ministério Público.