Prefeita de Monlevade fala sobre nova Policlínica, Apac e obras no Centro

A prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB), disse em entrevista a DeFato Online que, apesar do aperto financeiro pelo qual passam os municípios de mineiros devido ao confisco do Estado, sua gestão tem conseguido manter as contas em dia. Na área da saúde, por exemplo, muito demandada nos últimos meses por causa do […]

Prefeita de Monlevade fala sobre nova Policlínica, Apac e obras no Centro
Foto: Sérgio Santiago/DeFato Online|Foto: Sérgio Santiago/DeFato Online

A prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB), disse em entrevista a DeFato Online que, apesar do aperto financeiro pelo qual passam os municípios de mineiros devido ao confisco do Estado, sua gestão tem conseguido manter as contas em dia.

Na área da saúde, por exemplo, muito demandada nos últimos meses por causa do surto de dengue, Simone garante que a assistência foi prestada a contento. “Não interrompemos nenhum serviço de saúde. Inauguramos agora o Posto do Cidade Nova e lá temos uma equipe para atender todos os pacientes com suspeita de dengue”, afirmou.

Nova Policlínica

A prefeita informou que vai reformar a antiga sede do Pronto Atendimento (PA), prédio onde funciona também a Secretaria Municipal de Saúde, para abrigar a nova Policlínica. Recentemente a prefeitura abriu edital de licitação para instalar novos equipamentos de ar condicionado no local.

“A gente vai levar para a parte de baixo a Policlínica. O prédio da Policlínica hoje não tem mais condições de atender à população do jeito que está. O novo local já está em reforma, temos uma verba para isso”, afirmou.

Apac

No âmbito da segurança pública, a chefe do Executivo diz que pretende trazer para o município uma unidade da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), modelo de ressocialização de presos que tem dado certo em várias regiões do país.

“Fiz algumas visitas a cidades que já tem e colocamos isso no nosso plano de governo. Teve uma audiência pública no dia 6 de junho e estamos discutindo o assunto. Vamos fazer agora o Projeto de Lei para mandar para a câmara. Estamos ainda esboçando esse projeto, juntamente com todas as pessoas envolvidas com a Apac”, afirmou Simone.

Segundo a prefeita, as discussões estão no início e há poucas definições. Não se sabe ainda onde será, por exemplo, a sede da Apac: se será construída em alguma área ociosa ou alocada em algum imóvel público. “É um modelo que tem dado muito certo no Brasil. Acho que é necessário porque as cadeias estão muito cheias. É um trabalho maravilhoso que, se Deus quiser, vamos conseguir implantar na nossa cidade”.

Novo Centro

Sobre as obras de intervenção na região central, projeto denominado Novo Centro, a prefeita afirmou que o objetivo é melhorar o trânsito, principalmente onde se concentra o comércio. As ações incluem revitalização de praças, manutenção de espaços públicos, mudanças no sentido de tráfego, dentre outras.

“Falo que para mexer no centro tem de ter muita coragem. A gente não pode chegar e fazer muitas intervenções de uma vez e embaralhar a cabeça das pessoas. Essa primeira intervenção que estamos fazendo na Gentil Bicalho é um pedido antigo da comunidade. Vai desafogar muito trânsito”, disse a chefe do Executivo.

Foto: Sérgio Santiago/DeFato Online