Vale diz que distribuição de testes ficará a cargo do governo federal

A mineradora anunciou a compra de 5 milhões de testes rápidos para identificação do Covid-19 e equipamentos de segurança para profissionais de saúde

Vale diz que distribuição de testes ficará a cargo do governo federal

A Vale confirmou nesta terça-feira (24) que a distribuição dos 5 milhões de testes rápidos para a identificação do Covid-19 e equipamentos de segurança para profissionais da saúde ficará a cargo do governo federal. A previsão de chegada da primeira parte do material, que corresponde a 1 milhão de kits, é para a próxima semana.

O presidente do Sindicato Metabse de Itabira, André Viana, havia informado nesta segunda-feira (23), por meio de nota à imprensa, que solicitou à empresa que priorizasse parte desses kits às cidades que abrigam a mineradora. Em Itabira, segundo o sindicalista, são cerca de quatro mil empregados diretos e cerca de cinco mil indiretos.

O conteúdo continua após o anúncio

Os testes permitem o resultado em apenas 15 minutos e foram comprados pela Vale na China. A segunda parte da remessa, que equivale a 4 milhões de exames, tem previsão de desembarcar no Brasil no mês de abril.

A empresa também está comprando de fornecedores chineses equipamentos de proteção individual, como óculos, luvas e máscaras, para médicos e enfermeiros. A Vale e a China têm uma parceria de longo prazo, desenvolvida ao longo de mais de 40 anos.

 

MAIS NOTÍCIAS