Vale expande visitas a demais bairros de Itabira para falar sobre riscos de barragens

Desde esta segunda-feira, 3 de junho, as visitas das equipes contratadas pela Vale para falar dos procedimentos a serem adotados em caso de rompimento de barragens se expande para os demais bairros de Itabira. Antes, a ação estava concentrada nas chamadas zonas de autossalvamento (ZAS), aquelas que seriam atingidas primeiro se alguma das estruturas de […]

Vale expande visitas a demais bairros de Itabira para falar sobre riscos de barragens
Equipes da Vale visitarão casas em bairros mais distantes das barragens – Foto: Rodrigo Andrade/DeFato

Desde esta segunda-feira, 3 de junho, as visitas das equipes contratadas pela Vale para falar dos procedimentos a serem adotados em caso de rompimento de barragens se expande para os demais bairros de Itabira. Antes, a ação estava concentrada nas chamadas zonas de autossalvamento (ZAS), aquelas que seriam atingidas primeiro se alguma das estruturas de rejeitos entrasse em colapso.

Esta nova fase de visitas começa pelos bairros Barreiro, CDI, Jardim Belvedere, Bálsamos, Fênix, Santa Ruth e Santa Marta, e serão realizadas de segunda a sexta, entre 13h e 19h, e sábado, das 8h às 14h.

O conteúdo continua após o anúncio

A empresa ressalta que as equipes de agentes sociais estarão identificadas com colete laranja. Ainda segundo a Vale, a medida é preventiva e faz parte do Plano de Ação de Emergência em Barragens de Mineração (PAEBM) em Itabira.

A expectativa é de que todo o trabalho seja realizado até o início de julho. O município terá no dia 6 do próximo mês o simulado de evacuação que envolverá as áreas mais próximas às barragens. De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, Itabira deverá ter o maior treinamento desse tipo já realizado no Brasil, com perspectiva de participação de 12 mil pessoas.

MAIS NOTÍCIAS