Wagner Pires é ameaçado por torcedores do Cruzeiro em restaurante de BH

Ex-dirigente é réu na Justiça e responde pelos crimes de falsidade ideológica, apropriação indébita e formação de organização criminosa

Wagner Pires é ameaçado por torcedores do Cruzeiro em restaurante de BH
Wagner foi abordado por torcedores em restaurante de BH (Foto: Reprodução)

Ex-presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá foi cobrado por torcedores do clube em um restaurante de BH, neste domingo. O ex-dirigente é réu na Justiça e responde pelos crimes de falsidade ideológica, apropriação indébita e formação de organização criminosa praticados, segundo o Ministério Público de Minas Gerais, quando administrava a Raposa.

A Justiça aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público em novembro de 2020 contra integrantes da antiga diretoria do Cruzeiro. Além de Wagner, o ex-vice-presidente de futebol Itair Machado e o ex-diretor-geral Sérgio Nonato também estão implicados no processo. Segundo o MPMG, o rombo nos cofres do clube na gestão de 2018/2019 foi estimado em R$ 6,5 milhões.

+ Leia a matéria completa no Super Esportes

MAIS NOTÍCIAS