Auxílio emergencial: FMI elogia Brasil e se diz preocupado com fim do benefício

O Fundo Monetário Internacional (FMI) fez elogios ao Brasil pela resposta econômica que o país durante a pandemia do novo coronavírus.

Auxílio emergencial: FMI elogia Brasil e se diz preocupado com fim do benefício

O Fundo Monetário Internacional (FMI) fez elogios ao Brasil pela resposta econômica que o país durante a pandemia do novo coronavírus. De acordo com a Instituição, o Governo Federal conseguiu se sair bem durante o período pandêmico. No entanto, eles fizeram uma ressalva em relação ao Auxílio Emergencial.
De acordo com o FMI, o fim do programa poderá fazer com que a pobreza e extrema-pobreza voltem a atacar em um nível pré-pandemia. Eles também disseram que o Governo precisa encontrar uma maneira de atender as pessoas mais vulneráveis neste momento. Isso porque se entende que elas serão prejudicadas com o fim do benefício.
“As transferências emergenciais de dinheiro acabarão expirando e, na ausência de um fortalecimento permanente da rede de proteção social, a pobreza e a desigualdade podem se agravar”, diz a nota técnica do FMI. O Governo Federal ainda não respondeu oficialmente essa indicação.

MAIS NOTÍCIAS