Encontro de cavaleiros provoca aglomeração e desrespeita regras em Ferros 

Em meio as medidas de prevenção ao novo coronavírus, o encontro reuniu mais de 50 pessoas no distrito de Sete Cachoeiras

Encontro de cavaleiros provoca aglomeração e desrespeita regras em Ferros 

Um encontro de cavaleiros realizado no último final de semana em Ferros provocou a indignação dos moradores do pequeno município. Em meio às medidas preventivas ao novo coronavírus, o grupo decidiu sair da cidade de Joanésia à cavalo rumo ao distrito de Sete Cachorreiras, em Ferros, para fazer uma festa em homenagem aos cavaleiros.  Mais de 50 pessoas foram reunidas no local, segundo relato de moradores.

Sem nenhuma preocupação, os cavaleiros da festa publicaram fotos do momento nas redes sociais. Nas imagens, a festa, regada a muito churrasco e cerveja, deixou de lado as principais formas de prevenir a Covid-19: o distanciamento social e o uso de máscaras.

Uma moradora entrou em contato com a DeFato para fazer a denúncia. “Mesmo havendo decreto municipal, sobre uso de máscaras e restrição de vendas nos bares para não ter aglomerações, houve compartilhamento de bebidas e churrasco na festa”, disse ela, que preferiu não ser identificada.

Festa aconteceu no distrito de Sete Cachoeiras, em Ferros-MG

De acordo com o prefeito do município, Raimundo Menezes de Carvalho Filho (Diquinho), o governo municipal ficou sabendo do ocorrido por meio da central de denúncias, número disponibilizado para que a população denuncie aglomerações e práticas que possam contribuir com o contágio da doença. Segundo ele, a polícia foi acionada imediatamente, contudo, ao chegar no local, os cavaleiros já haviam dispersado.

O que diz a Lei

Atualmente, na cidade de Ferros, está em rigor o Decreto Nº 2496, de 06 de Abril de 2020, que determina a suspensão temporária dos alvarás de localização e funcionamento, além de autorizações emitidas para realização de atividades com potencial de aglomeração. Ademais, a norma também dá outras providências para orientação a população sobre as estratégias de enfrentamento à Situação de Emergência Pública causada pelo coronavírus. Regras totalmente desconsideradas pelos cavaleiros.

O conteúdo continua após o anúncio

Dessa forma, conforme o Art.17  do decreto, em caso de descumprimento de qualquer medida estabelecida na normativa, o estabelecimento, empresa ou pessoa ficará sujeita a multa de 500 (quinhentas) UFIR (unidade fiscal de referência) por ato de descumprimento, bem como a suspensão do alvará de funcionamento, quando for o caso, pelo

período de 06 (seis) meses.

Dados

Na página oficial da Secretaria Municipal de Saúde, uma publicação pede para que os ferrenses fiquem em casa e, caso precisem sair, que façam o uso de máscaras de proteção. Até o momento, Ferros tem seis casos confirmados de coronavírus e onze pacientes que testaram negativo para a doença. As informações são do último Boletim Epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde na segunda-feira (11).

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS