Itabira e demais cidades do Médio Piracicaba cancelam o Carnaval 2022

A suspensão, porém, se dará aos eventos promovidos com recursos públicos. Não foi informado se haverá regras, restrições ou proibições para eventos privados

Itabira e demais cidades do Médio Piracicaba cancelam o Carnaval 2022
Carnaval na pracinha do Campestre, em Itabira, realizado em um momento pré-pandemia – Foto: Natiely Oliveira/DeFato

Na última terça-feira (25), uma reunião da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Piracicaba (Amepi), realizada de maneira on-line, definiu que não haverá Carnaval promovido pelas prefeituras locais em 2022. A decisão leva em consideração o atual cenário da pandemia de Covid-19, que vem registrando aumento no quadro geral de contaminação pela doença. A informação foi divulgada, incialmente, pela assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Itabira.

Durante a reunião, os prefeitos de algumas das cidades associadas à Amepi, que participaram do encontro, destacaram que a crescente curva de infecção por Covid-19, que vem acontecendo em toda a região, exige cautela e ações preventivas. Itabira já havia sinalizado que não realizaria a festa momesca neste ano e, agora, o posicionamento deverá ser seguido pelos municípios da microrregião.

“Já havíamos tomado essa decisão internamente, mas, desde o início, eu disse que o melhor é sempre que os municípios sigam na mesma direção. É o que acreditamos enquanto associação. Foi assim lá atrás, quando definimos seguir para a Onda Roxa, e é assim novamente agora. De nada adianta uma cidade deixar de ter a festa se a outra que está do lado vai promover. Aí você joga o impacto todo para a cidade vizinha. Com a decisão em conjunto, a gente compartilha experiências e soluções”, avaliou o prefeito de Itabira e vice-presidente da Ampei, Marco Antônio Lage (PSB).

O comunicado, porém, destaca que a suspensão se dará no Carnaval promovido com recursos públicos. Dessa forma, não é informado se também haverá proibição, limitação ou regras específicas para a realização de eventos carnavalescos com investimentos particulares ou da iniciativa privada.

Outro ponto definido na reunião é de que os municípios vão unificar o calendário e instituir ponto facultativo na segunda-feira e terça-feira de Carnaval. Dessa forma, a Quarta-Feira de Cinzas terá funcionamento normal nas repartições públicas municipais da microrregião do Médio Piracicaba. As prefeituras deverão editar decretos regulamentando a decisão.

Além de Marco Antônio Lage, participaram da reunião da Amepi: Fernando Rolla (Avante), prefeito de São Domingos do Prata e presidente da Amepi; Saulo Morais (Patriota), prefeito de Catas Altas; Txai Costa (Rede), prefeito de Nova Era; Alcemir Moreira (Democratas), prefeito de Santa Bárbara; Laércio Ribeiro (PT), prefeito de João Monlevade; José Bráulio de Aleixo (PTB), prefeito de Dom Silvério; e Pedro dos Santos “Pedrada” (MDB), prefeito de Bom Jesus do Amparo.

O encontro também contou com servidores indicados por outras prefeituras associadas pela Amepi e funcionários da associação municipal.

* Com informações da Prefeitura de Itabira.

MAIS NOTÍCIAS