Nova Lima: quatro pessoas são indiciadas por extração ilegal de minério

A Polícia Federal realizou a operação Buraco na Pista, que investiga a extração ilegal de minério em Nova Lima, e cumpriu seis mandatos de busca e apreensão

Nova Lima: quatro pessoas são indiciadas por extração ilegal de minério
Foto: Divulgação/Polícia Federal

Nesta quarta-feira (19), a Polícia Federal realizou a operação Buraco na Pista, que investiga a extração ilegal de minério em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. Quatro pessoas foram indiciadas por “conduta dissimular”, crime contra o patrimônio e outras infrações — que podem render até 29 anos de prisão.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Federal, as investigações tiveram início em julho de 2020 e a extração ilegal de minério de ferro aconteceu em uma pista paralela à BR-040, na altura do km 569. Para retirar o material, os investigados simularam atividades de terraplanagem no local.

Eles chegaram a pedir autorização à concessionária da rodovia, a Via 040, e à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para melhoria de acesso ao terreno por meio de utilização da faixa de domínio. Porém, em vez de executar a obra, passaram a extrair ilegalmente o minério, já que não dispunham da licença ambiental necessária. Os investigados, ainda, criaram empresas fictícias para a empreitada.

Nova Lima: quatro pessoas são indiciadas por extração ilegal de minério
Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal executou nesta quarta-feira seis mandados de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara Federal de Belo Horizonte. Cinco deles foram cumpridos em Itaúna e outro em Nova Lima. O material apreendido será analisado, periciado e anexados às provas já existentes.

Há outros três inquéritos policiais em que são investigados por crimes semelhantes.

Nova Lima: quatro pessoas são indiciadas por extração ilegal de minério
Foto: Divulgação/Polícia Federal

MAIS NOTÍCIAS