Nuvem de fumaça deixa parte de Itabira encoberta neste domingo

A situação é reflexo das inúmeras queimadas que estão ocorrendo simultaneamente na extensão do município

Nuvem de fumaça deixa parte de Itabira encoberta neste domingo

O número de queimadas em Itabira e região tem se intensificado nos últimos dias. Neste domingo (15), parte da cidade pôde ser vista encoberta por uma nuvem de fumaça.

De acordo com o Tenente Marlon Medeiros, do corpo de bombeiros, a situação é reflexo das inúmeras queimadas que estão ocorrendo simultaneamente na extensão do município, aliado à baixa umidade do ar e altas temperaturas.

“Estamos com diversos chamados de incêndio nos últimos dias, não somente em Itabira, mas nas diversas cidades da região. Ontem mesmo havia uma equipe combatendo um foco em Itabira e outra em Barão de Cocais” – disse o Tenente Medeiros sobre as possíveis fontes da poluição.

O conteúdo continua após o anúncio

Moradores das partes altas da cidade, principalmente, conseguiram observar a cortina cinza que escondeu Itabira. 

“Daqui de onde eu moro a gente vê Itabira submersa em uma grande nuvem de fumaça. Nesses dias secos, em geral, tem acontecido isso. As pessoas capinam os lotes e colocam fogo nessas áreas de mato. Com esse clima seco a situação tem piorado” – relatou Paulo Bretas, que reside no condomínio Retiro das Serras, próximo ao Parque de Exposições.

Cuidados para a prevenção de incêndios

  • Não jogue pontas de cigarros ou fósforos à beira de estradas ou perto de campos e florestas.
  • Se você possui uma propriedade, corte regularmente o mato. Não queime o campo para eliminação de lixo ou limpeza para a plantação.
  • Não acenda velas ou fogueiras perto da vegetação.
  • Não solte balões.

Como melhorar a respiração com o tempo seco

Sensação de ardência na garganta, dificuldades para engolir, falta de ar e tosse são alguns dos desconfortos provocados pelo clima seco, que também deixa as pessoas mais propensas às infecções, como asma, sinusite e rinite. Para minimizar os problemas, especialistas costumam recomendar as seguintes medidas:

  • Beba bastante água – cerca de dois litros por dia;
  • Se exercite na hora certa – evite exercícios físicos entre 10h e 17h (quando o ar está menos úmido) e prefira ambientes com clima regulado, como academias;
  • Umedeça o ambiente – use umidificadores de ar ou coloque bacias de água em casa. Evite ar-condicionado, pois resseca o ambiente;
  • Lave o nariz – aplique soro fisiológico algumas vezes ao dia;
  • Deixe a casa sempre limpa e arejada – o acúmulo de poeira aumenta problemas alérgicos e respiratórios;
  • Evite aglomerações – locais fechados e com grande concentração de pessoas, como shoppings e supermercados, podem acentuar as dificuldades respiratórias.