Resumo da madrugada brasileira nas Olímpiadas de Tóquio

Se você perdeu a madrugada das Olímpiadas, a gente te conta o que aconteceu

Resumo da madrugada brasileira nas Olímpiadas de Tóquio
Foto: IOC/Divulgação

O Time Brasil garantiu, na madrugada desta terça-feira, seis medalhas nas Olímpiadas de Tóquio. O dia no Japão foi agitado e emocionante para os representantes do Brasil. O país contou com algumas derrotas mas também passou a marcar presença em mais pódios.

Vôlei de praia

A dupla Ana Patrícia e Rebecca, encerrou ontem (02) a participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após perder o primeiro set por 21/19, a dupla buscou a recuperação no 2º set e venceu por 21 a 18. Porém, no último set, as brasileiras perderam por 15 a 12. Agora os únicos representantes do Brasil na modalidade são Alison e Álvaro, que ainda buscam pelo pódio.

Vôlei de quadra 

A seleção masculina garantiu a classificação para a semifinal nesta terça-feira depois de vitória sobre o Japão. O Brasil venceu os japoneses por 3 sets a 0, com parciais de 25 a 20, 25 a 22 e 25 a 20. O próximo adversário será o Comitê Olímpico da Rússia e o confronto será na quinta-feira, com horário a ser definido.

Boxe

Beatriz Ferreira garantiu medalha de bronze para o Brasil após derrotar a uzbeque Raykhona Kodirova por decisão unânime, nas quartas de final do boxe olímpico. Na modalidade não há disputa de terceiro lugar, e todos os semifinalistas sobem ao pódio.

Outro que já havia garantido a medalha de bronze, mas buscava subir um pouco mais no pódio, foi Abner Teixeira. O boxeador ficou chateado ao perder a semifinal para o cubano Julio La Cruz, mas não saiu de mãos vazias já que tinha garantido o bronze.

Atletismo

Outro bronze conquistado pelo Brasil foi de Alison Brendom dos Santos, o Piu, conhecido também pela torcida como o ‘Malvadão’. Ele disputou a decisão dos 400m com barreiras e chegou a marca de 46s72, novo recorde sul-americano. Com esse tempo, Piu garantiu a medalha de bronze aos 21 anos.

E não para por aí. Thiago Braz, do salto com vara, também garantiu a medalha de bronze. O atleta foi campeão nas Olímpiadas do Rio e hoje voltou a fazer parte do pódio após garantir a terceira colocação.

Ginástica artística

Depois de duas medalhas conquistadas por Rebeca Andrade na ginástica feminina, Flávia Saraiva tentava mais uma nessa madrugada. Porém a brasileira acabou na 7ª posição, com nota 13,133.

Canoagem

Infelizmente Isaquias Queiroz e Jacky Godmann ficaram fora do pódio no C2 1000 nas Olimpíadas de Tóquio. A dupla brasileira cruzou a linha de chegada em quarto lugar, com 3min27s603.

Vela

Martine Grael e Kahena Kunze garantiram o ouro para o Brasil e agora o país chega a 19ª medalha na vela em Olímpiadas. A família Grael já tem tradição na modalidade e hoje deixou mais uma marca nos Jogos Olímpicos.

Futebol

A seleção masculina avançou para a final depois de vencer o México na disputa de pênaltis. Agora, o Brasil enfrenta a Espanha, que venceu o Japão por 1 a 0. O jogo está marcado para o próximo sábado (7), às 8h30, horário de Brasília. Já classificado para a final, o Brasil já tem pelo menos a medalha de prata garantida.

Arremesso de peso

Darlan Romani, um dos candidatos ao pódio, está na decisão da modalidade. O brasileiro atingiu a marca de 21m31 na segunda tentativa, venceu a bateria e garantiu de forma antecipada a vaga na final, que será disputada nesta quarta-feira, às 23h05 (horário de Brasília).

MAIS NOTÍCIAS