Vale detalha apoio para a ampliação de leitos em Itabira e o fornecimento de insumos à região

Com o apoio da SanosMed, de Brasília, a mineradora vai instalar 20 leitos de UTI no Hospital Nossa Senhora das Dores. Além disso, a Vale repassa insumos e cilindros de oxigênio às cidades vizinhas

Vale detalha apoio para a ampliação de leitos em Itabira e o fornecimento de insumos à região
Serão criados mais 20 leitos de UTI no Hospital Nossa Senhora das Dores. Foto: Arquivo Acom/PMI
O conteúdo continua após o anúncio


A mineradora Vale dará suporte à Prefeitura de Itabira para a ampliação de leitos exclusivos de atendimento à Covid-19. Segundo a empresa, serão instaladas 20 unidades de terapia intensiva (UTIs) no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), voltados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Para os novos leitos a Vale fechou acordo com a SanosMed, empresa com sede em Brasília (DF) especializada em gestão médica. “O trabalho da SanosMed envolverá a gestão de pessoas, incluindo profissionais da área médica, insumos hospitalares e aparelhagem, serviços de limpeza hospitalar e manutenção de equipamentos da ala”, detalhou, por meio de comunicado.

Em razão da iniciativa, o vereador Neidson Freitas (MDB) apresentou nessa terça-feira (6), à Câmara Municipal, um requerimento de moção de aplauso à Vale.

De acordo com o painel de monitoramento da Covid-19, publicado e atualizado pela Prefeitura de Itabira, estão em operação no município nesta quarta-feira (7) 28 leitos de UTI, com 100% de ocupação, e 83 leitos de enfermaria, com 95,18% de ocupação.

Há 15 dias, a Secretaria Municipal de Saúde informou que 28 novos leitos de enfermaria e outros dois de UTI foram iniciados no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC).

Cilindros de oxigênio

A Vale também destinou, ao HNSD, a doação de 10 cilindros de oxigênio. Em 2020, o HNSD recebeu da empresa 1,6 milhões de itens de equipamentos de proteção individual (EPI), sendo 8.400 kits de testes rápidos para detecção da Covid-19, 238 mil máscaras cirúrgicas, 8 mil máscaras N95, 37.200 aventais e 200 óculos, além do total de 1.350 milhão de luvas descartáveis.

UTI móvel

Os municípios de Barão de Cocais e Mariana, também no território de atuação da Vale, receberão UTIs móveis. Ao todo, 10 cilindros de oxigênio também foram enviados ao Hospital Municipal de Barão.

Na região, os recursos destinados pela Vale contemplam ainda Catas Altas, com 5 mil kits de testes rápidos, e Santa Bárbara, com 148 unidades de luvas cirúrgicas, 267 máscaras PFF2 sem válvula, 1.584 máscaras cirúrgicas, 560 aventais hospitalares, 100 kits de testes rápidos e 30 cilindros de oxigênio.

MAIS NOTÍCIAS