Campanha alerta motoristas contra estacionamento irregular na Catedral Diocesana

Carros em filas duplas, sobre os passeios e rotatórias são motivos de aborrecimentos no entorno do principal templo católico de Itabira

Campanha alerta motoristas contra estacionamento irregular na Catedral Diocesana

As celebrações e missas na Catedral Diocesana de Itabira atraem centenas de fieis e, consequentemente, veículos ao templo localizado no Centro Histórico do município. Ocorre que a forma como os frequentadores do templo católico estacionam nas proximidades da Praça Mosenhor Felicíssimo é motivo de constantes reclamações e transtornos a quem passa pelo trecho.

Para tentar amenizar o problema, a administração da catedral, em parceria com a Transita e a Polícia Militar, lançou uma campanha para conscientizar os frequentadores. “Seja prudente, estacione consciente” é o slogan da peça que passará a ser divulgada nas redes sociais pelos parceiros.

A administração da Catedral cita que o problema é mais crítico às quartas-feiras, sábados e domingos, quando as missas atraem mais participantes. “O grande número de veículos estacionado em fila dupla, sobre os passeios, rotatórias e até mesmo obstruindo as ruas, tem causado transtornos ao trânsito, principalmente a veículos de grande porte como ônibus e caminhões, além de transeuntes”, ressalta André Nogueira, assessor de Comunicação da Catedral.

O conteúdo continua após o anúncio

De acordo com o superintendente da Transita, Willame Aguiar, o objetivo da campanha é educativo. A ideia é alertar os fiéis da Catedral quanto às irregularidades e aliviar o trânsito no entorno da igreja, ainda mais em uma área já muito movimentada. “As pessoas, às vezes, podem nem ter conhecimento das leis que estão sendo infligidas. Por isso, é nosso papel organizar essa campanha de esclarecimento”, comentou.

Panfletos serão disponibilizados pela Transita à direção da Catedral para que sejam distribuídos aos participantes das celebrações. “É uma falta de atenção que pode acabar custando uma multa às pessoas. É o alerta que queremos fazer”, disse Willame. “Aquela é uma área muito movimentada, com casas e comércios. Nos dias de celebrações, o movimento aumenta muito e acaba não comportando o número de veículos”, acrescentou.

Segundo o Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), “estacionar na pista de rolamento das vias dotadas de acostamento” é infração gravíssima, com 7 pontos na carteira e multa de R$ 293,47. Caso o veículo esteja obstruindo a via, ele poderá ser rebocado ao pátio credenciado ao Detran.

Campanha chama atenção para estacionamento irregular próximo à Catedral

MAIS NOTÍCIAS