Itabira registrou 60 atropelamentos em 2017

Ao mapear os dados, Transita elaborou campanha para orientar usuários das vias urbanas da cidade

Itabira registrou 60 atropelamentos em 2017
Foto: Secom PMI

Itabira teve 60 acidentes de trânsito com atropelamentos em 2017, segundo a Superintendência de Transportes e Trânsito de Itabira – Transita. Esses acidentes provocaram 64 vítimas; uma perdeu a vida no local do atropelamento. A Transita expôs os dados nessa terça-feira, 4 de abril, à Câmara de Vereadores.

A seção mapeou os principais dados sobre o total de acidentes. Os meses com maior frequência de episódios foi janeiro, maio e junho. A maioria dos casos ocorreu entre 16 e 20 horas. Os acidentes envolveram carros de passeio (62%), motocicletas (33%) e ônibus (5%). A maioria das vítimas tinha entre 18 e 30 anos.  

Entre as causas presumidas dos acidentes, estão falta de atenção do pedestre, falta de atenção do condutor, pedestre embriagado e outras circunstâncias.

Nesta semana, a Transita retomou a campanha educativa “Pé na Faixa”. As atividades ocorrerão até o dia 27 deste mês, com orientação de pedestres, passageiros e ciclistas, blitzen educativas, adesivação de veículos, colocação de cartazes, além de placas e faixas de conscientização em pontos estratégicos.

“Fizemos uma pesquisa de campo e observamos que a população ainda pratica comportamentos inadequados que geram riscos de acidentes no trânsito”, destacou Edvânia Fernandes, diretora de Educação e Controle de Trânsito da Transita.

Dados foram apresentados à Câmara pela diretora de Educação da Transita, Edvânia Fernandes. Foto: Wesley Rodrigues/DeFato

.