Marco Antônio diz que Prefeitura prepara empréstimo para o empresariado itabirano com juro ‘próximo de zero’

Linha de crédito será oferecida também à classe artística, que amarga os impactos da Covid-19

Marco Antônio diz que Prefeitura prepara empréstimo para o empresariado itabirano com juro ‘próximo de zero’
A live que ocorre sempre às quintas-feiras foi antecipada nesta semana e realizada na noite de quarta-feira. Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito Marco Antônio Lage (PSB) voltou a afirmar em live nessa quarta-feira (31) que o governo municipal prepara o lançamento de uma linha de crédito voltada a micro, pequenas e médias empresas. Dessa vez, ele informou que o financiamento terá juro “próximo de zero” e disse que o município pode aportar, por enquanto, “entre R$ 10 e R$ 12 milhões” para a linha especial.

Além dos pequenos empreendedores, a proposta do empréstimo será oferecida à classe artística. Essa é uma resposta do município à categoria que vem se mobilizando por um socorro financeiro em meio aos prejuízos trazidos pela pandemia de Covid-19.

O gestor disse que o projeto está em desenvolvimento pelas secretarias municipais de Fazenda e Planejamento. Para fazer a gestão do empréstimo pessoal, o município deverá fechar acordo com uma instituição bancária. Marco não antecipou os prazos para pagamento ou carência dos empréstimos. Disse que os empresários terão, além do juro mais baixo, “apenas os encargos de cadastro”.

Refis

Projeto de lei com essa iniciativa deverá ser enviada à Câmara até “meados de abril”. Também será remetido ao Legislativo neste mês, garantiu o prefeito, nova edição do Programa de Recuperação Fiscal do município, conhecido como Refis. A última edição foi realizada em 2018, quando a Prefeitura promoveu Refis com descontos de até 100% nos juros e multas referentes a tributos em atraso, como IPTU, ISS e taxas.

Resposta à CDL

Durante a live, o prefeito fez críticas à “líderes que fazem politicagem na cidade”, em referência à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), que na semana passada publicou nota de repúdio às decisões do município para frear o avanço da pandemia de Covid-19. “Não vou negociar vidas”, bradou.

Itabira aderiu à onda roxa do plano Minas Consciente a partir de 8 de março, com funcionamento do comércio limitado às atividades essenciais e toque de recolher entre 20h e 5h. Agora, a fase mais restritiva foi prorrogada pelo governador Romeu Zema (Novo) até 11 de abril.

Resultado

Segundo Marco Antônio, o fechamento de serviços tem feito resultado: a taxa de transmissão da Covid-19 baixou de “1,27 para 1,16”. “Daqui a pouco vamos baixar para menos de 1”, disse, esperançoso.

A taxa de transmissão serve como uma estimativa de como a doença se espalha entre a população. Assim, quando esse número é menor ou igual a 1, espera-se queda no número de casos. E, quando maior que 1, espera-se um aumento no número de casos. Para uma taxa de transmissão igual a 2, podemos interpretar que 1 pessoa infectada com a Covid-19 tende a transmitir a doença para duas outras pessoas.

MAIS NOTÍCIAS