Rodovias federais não têm mais concentração de caminhoneiros, diz PRF

Pelos cálculos do governo, no auge da crise, chegou a haver mais de 600 pontos de manifestação.

Rodovias federais não têm mais concentração de caminhoneiros, diz PRF
Caminhoneiros desobstruíram estradas federais em todo país – Foto: Reprodução TV Globo

O Ministério Extraordinário da Segurança Pública divulgou nessa quinta-feira, 31 de maio, informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de que não há mais concentração de caminhoneiros nas rodovias federias de todo Brasil.

Segundo a corporação, não há mais aglomeração de pessoas ou veículos perto de rodovias federais ou “qualquer anormalidade no fluxo de veículos”. Não há, contudo, acompanhamento de possíveis protestos em estradas estaduais.

A confirmação do fim das aglomerações veio ao meio dia. Uma hora antes, a PRF havia informado que restavam ainda nove pontos de concentração. Desses, seis eram em Santa Catarina, dois no Rio Grande do Sul e um no Ceará.

Pelos cálculos do governo, no auge da crise, chegou a haver mais de 600 pontos de manifestação.

O acordo com entidades representativas dos caminhoneiros foi fechado no último domingo, 27 de maio. Mas, ainda assim, caminhoneiros mantiveram protestos em diversos locais do país. Líderes de entidades, como a Associação Brasileira dos Caminhoneiros, e apurações feitas pelo governo apontaram a presença de infiltrados no movimento.