Saiba tudo sobre o maior simulado do país

Confira seleção das principais matérias publicadas em DeFato Online sobre o simulado até o momento

Saiba tudo sobre o maior simulado do país

O município de Itabira, na região Central de Minas, passará neste próximo sábado (17) pelo maior experimento de evacuação de emergência da história do país. Berço da mineradora Vale, a cidade de 120 mil habitantes nunca teve um simulado do tipo.

A expectativa é que o acontecimento envolva em torno de 27 mil pessoas, entre moradores, funcionários da Vale da da prefeitura municipal, bombeiros, policiais militares, pessoal da Defesa Civil e voluntários, conforme explica o chefe-adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, tenente-coronel Flávio Godinho, em entrevista ao jornal “DeFato Cidades Mineradoras”, cuja edição na íntegra pode ser lida aqui.

Godinho disse que o simulado de Itabira será uma referência para todo o país, tanto pelo número recorde de pessoas envolvidas como pela complexidade das operações, uma vez que simulará o comportamento diante da ruptura de várias barragens ao mesmo tempo.

Na quarta-feira, a Vale divulgou o mapa da inundação, em caso de rompimento das barragens de rejeito existentes no município. Ao todo, a empresa possui 15 estruturas cadastradas na Agência Nacional de Mineração (ANM).

O DeFato Online selecionou as principais matérias publicadas sobre o simulado até o momento. Confira:

SOBRE O SIMULADO

>Mapa mostra áreas que serão inundadas em caso de rompimento de barragem em Itabira

>Defesa Civil estima 1.350 pessoas com mobilidade reduzida nas Zonas de Autossalvamento de Itabira

ENTREVISTA

>Simulado de Itabira é um grande desafio, diz tenente-coronel Godinho

PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE

>Você que vive em área de risco: vai participar do simulado de evacuação em Itabira? Participe da enquete DeFato Online

>Porta-voz da Defesa civil conclama população de Itabira a participar do simulado de rompimento de barragens

 

>Aplicativo alerta de barragens será testado no simulado de Itabira

MÍDIA IMPRESSA

>“Cidades mineradoras” destaca o primeiro simulado de evacuação de Itabira

CONDIÇÕES DAS BARRAGENS

>Ministério Público informa que alteamento de barragem de Itabiruçu permanece suspenso

>Barragens de Itabira estão estáveis e não apresentam perigo, diz promotora