Em Santa Maria, 11º Batalhão de Bombeiros trabalha intensamente

Os bombeiros realizaram ações de socorro e buscas às vítimas da tragédia de Santa Maria de Itabira. Também prestaram apoio à comunidade atingida pelas fortes chuvas

Em Santa Maria, 11º Batalhão de Bombeiros trabalha intensamente
Foto: Dalton Gonçalves/DeFato

Desde as primeiras horas da manhã do último domingo (21), o 11º Batalhão de Bombeiros Militares de Minas Gerais (BBM-MG), com sede em Ipatinga, no Vale do Aço, têm trabalhado em apoio à Santa Maria de Itabira, que foi atingida por fortes chuvas e teve enchentes, deslizamentos de terra, desmoronamento de casas e soterramentos. Foram realizadas ações de socorro e buscas às vitimas, além de apoio à comunidade atingida.

Logo que receberam os primeiros chamados de socorro, o 6° Pelotão de Bombeiros Militares, com sede em Itabira e subordinado ao 11º BBM-MG, se deslocou para Santa Maria de Itabira e deram início aos trabalhos para localização e salvamento de vítimas das fortes chuvas, em especial daquelas que foram soterradas.

Ao mesmo tempo, 13 militares da sede do 11º BPM-MG se deslocaram para o local da tragédia em três viaturas. Eles levaram materiais e equipamentos para reforçar as operações.

O conteúdo continua após o anúncio

Com a instalação do Sistema de Comando em Operações, ferramenta fundamental para gestão de grandes eventos e desastres, os militares do 11º BBM-MG iniciaram o controle de pessoas, recursos e informações de forma sistematizada para otimizar os trabalhos no local. Além de integrar os esforços com outros órgãos públicos e forças de segurança.

Durantes as primeiras 36h após a tragédia, os militares trabalharam ininterruptamente para localizar as pessoas desaparecidas. O último corpo, de uma criança de cinco anos, foi resgatado no início da tarde de segunda-feira (22) — ao todo, foram seis vítimas fatais. Santa Maria de Itabira, ainda, registra 129 famílias desalojadas e 32 pessoas desabrigadas.

Também foram realizadas vistorias em locais com risco de desabamento, orientando e auxiliando a população nos casos em que há necessidade de deixarem as suas casas. Esse trabalho, inclusive, continuou nesta terça-feira (23), reforçado pelas motos operacionais.

Galeria de Fotos

<

MAIS NOTÍCIAS